Giro UOL traz os destaques da noite desta quarta, 26/04, para você

Vinícius Garcia

Do UOL, em São Paulo

Edilson Rodrigues/Agência Senado
Edilson Rodrigues/Agência Senado

Projeto de abuso de autoridade

O plenário do Senado aprovou o projeto que modifica a lei dos crimes de abuso de autoridade. A proposta prevê punições a todos os agentes públicos, desde servidores de prefeituras a integrantes do Ministério Público, juízes deputados e senadores. O relator do projeto na Casa, senador Roberto Requião (PMDB-PR), recuou e retirou do texto pontos que poderiam intimidar juízes e investigadores. A proposta agora segue para a Câmara dos Deputados.
Compartilhe
Divulgação
Divulgação

Fim do foro?

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou o projeto que acaba com o foro privilegiado para o julgamento de políticos e autoridades. As únicas exceções feitas são ao presidente do país, ao da Câmara dos Deputados e ao do Senado durante o exercício do mandato. A proposta precisa passar por duas rodadas de votação no Senado e, em seguida, na Câmara. Hoje, por exemplo, crimes cometidos por deputados e senadores só podem ser investigados e julgados pelo Supremo Tribunal Federal e não pela primeira instância do Judiciário.
Compartilhe
Armando Paiva/AGIF
Armando Paiva/AGIF

Mulher de Cabral volta à prisão

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu que Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB), volte à prisão. A liminar foi derrubada por dois votos a um. Quando o resultado da audiência for publicado, ela deve voltar a ocupar uma das celas da cadeia feminina de Bangu, no Rio. Adriana tinha conseguido o direito de cumprir prisão domiciliar com o argumento de que os dois filhos estariam sofrendo com a ausência dela.
Compartilhe
Matthew Emmons/USA TODAY Sports, Lucas Lima/UOL, Miguel A. Lopes/EFE, Marcello Sá Barretto/AgNews, Marco Antônio Texeira/UOL, Katarina Benzova/Divulgação, Mario Anzuoni/Reuters e Amy Harris/Invision/AP
Matthew Emmons/USA TODAY Sports, Lucas Lima/UOL, Miguel A. Lopes/EFE, Marcello Sá Barretto/AgNews, Marco Antônio Texeira/UOL, Katarina Benzova/Divulgação, Mario Anzuoni/Reuters e Amy Harris/Invision/AP

Rock in Rio

Se você estava pensando em ir no Rock in Rio deste ano, é melhor refazer seus planos. A organização do festival anunciou que os 700 mil ingressos disponíveis para a edição deste ano já estão esgotados. As últimas duas datas disponíveis, de Justin Timberlake e Aerosmith, demoraram um pouco mais para vender as 100 mil entradas disponíveis, mas terminaram na tarde de hoje.
Compartilhe
AP Photo/Matthias Schrader
AP Photo/Matthias Schrader

Futebol internacional

Pela semifinal da Copa da Alemanha, Bayern de Munique e Borussia Dortmund fizeram um grande jogo, com direito a duas viradas. No fim, o Borussia venceu o rival por 3 a 2 em plena Allianz Arena, em Munique, e se classificou para a final. O Barcelona não tomou conhecimento do Osasuna e venceu por 7 a 1 pelo Campeonato Espanhol. O destaque fica por conta de Mascherano, que marcou o primeiro gol pelo clube espanhol depois de 318 jogos. Já o Real Madrid venceu o Deportivo la Coruña por 6 a 2 e se manteve na 1ª posição.
Compartilhe
Dario Oliveira/Código19/Estadão Conteúdo
Dario Oliveira/Código19/Estadão Conteúdo

Greve nos Correios

Os trabalhadores dos Correios entram em greve por tempo indeterminado a partir das 22h desta quarta-feira. Os principais motivos são as ameaças de privatização e demissões, o fechamento de agências e a diminuição do lucro por repasses ao governo e patrocínios. Em dezembro do ano passado, a estatal anunciou um plano de demissão voluntária e o fechamento de agências para reduzir gastos. Os Correios alegam prejuízos de R$ 2,1 bilhões em 2015 e R$ 2 bilhões no ano passado.
Compartilhe
iStock Images
iStock Images

Baleia Azul investigado

O ministro da Justiça, Osmar Serraglio, determinou que a Polícia Federal investigue os envolvidos no jogo virtual Baleia Azul, que instiga o suicídio. A medida foi tomada após apelos feitos pelo prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e por deputados federais. Pelo menos três mortes suspeitas de estarem relacionadas ao jogo já estão sendo investigadas, O jogo é praticado em comunidades fechadas em redes sociais e faz com que os participantes, a maioria adolescentes, cumpram 50 tarefas, sendo que a última é o suicídio.
Compartilhe

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos