Apreendidas em SP 30 mil caixas de remédio para varizes proibido pela Anvisa

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A Polícia Civil de São Paulo apreendeu nesta quarta-feira (31) cerca de 30 mil caixas do medicamento Varicell, utilizado para tratamento de varizes e cuja fabricação no Brasil é proibida. Os remédios foram apreendidos na manhã de hoje na capital, em Osasco e em Vinhedo. Um proprietário de empresa farmacêutica foi preso durante a ação. O Varicell havia sido proibido pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 2007.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública do Estado, policiais da 2ª Delegacia de Saúde Pública, do Departamento de Polícia e Proteção à Cidadania (DPPC) localizaram os medicamentos em distribuidoras de produtos farmacêuticos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos