Zulmair Rocha/UOL

Chuvas

Municípios completam uma semana sem água e sem energia em Alagoas

Carlos Madeiro
Especial para o UOL Notícias
Em Maceió

Desabrigados do Nordeste driblam dificuldades para ver a seleção

  • Daniela Paixão e Derek Sismotto, enviados especiais do UOL Notícias a Alagoas, mostram como os moradores de Branquinha e de União dos Palmares acompanharam o empate por 0 a 0 entre Brasil e Portugal


Uma semana após o início das enchentes dos rios Mundaú, Paraíba, Camaragibe, Jacuípe e Canhoto, quatro municípios alagoanos ainda seguem sem energia elétrica nesta sexta-feira (25), enquanto outros cinco não contam com abastecimento de água.

Segundo a Eletrobras Distribuição, as cidades de Ibateguara, São José da Laje, Santana do Mundaú e Branquinha continuam completamente às escuras, sem previsão de retorno do serviço.

“Cerca de 34 mil consumidores ainda estão sem energia, dos quase 62 mil existentes nas cidades afetadas”, explicou a empresa em nota.

As cidades de Quebrangulo, União dos Palmares, Paulo Jacinto, Murici e Rio Largo também enfrentam problemas parciais de fornecimento, segundo a empresa, mas a maioria dos bairros já está com energia elétrica.

Já na questão do abastecimento de água, a Companhia de Saneamento de Alagoas informou que as cidades de Branquinha, Murici, Paulo Jacinto, Capela e Jacuípe estão com o fornecimento completamente suspenso.

Para suprir a necessidade da população, 22 carros-pipa, com 15 mil litros cada um, estão sendo distribuídos nos municípios. A base de distribuição foi estabelecida no município de Joaquim Gomes.

Sem necessidade de comida e água potável
A Defesa Civil de Alagoas informou também nesta sexta-feira que não necessita mais, pelo menos momentaneamente, da doação de comida e de água potável. Após cinco dia de campanhas e doações da população, do governo federal e dos Estados, o estoque foi suprido e está sendo distribuído.

Segundo o boletim da Defesa Civil, o apelo agora é por material de higiene e limpeza, velas, fósforos e fraldas descartáveis. Os municípios de Santana do Mundaú, União dos Palmares, Branquinha e Murici ainda necessitam desses produtos.

De acordo com os números da Defesa Civil, Alagoas contabiliza 34 mortos, 76 desaparecidos, 26.618 desabrigados e 47.897 desalojados por conta das enchentes.

Ao menos 28 municípios foram atingidos, dos quais 15 decretaram estado de calamidade pública e quatro estão em situação de emergência. Permanecem sem abastecimento de água as cidades de Branquinha, Murici, Paulo Jacinto, Capela e Jacuípe. 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos