Barco vira, e dois militares desaparecem no RS

Especial para UOL Notícias
Em Porto Alegre

A equipe de Salvamento e Resgate (SAR) do Esquadrão Pantera, da Base Aérea de Santa Maria (Basm), retomou na manhã desta segunda-feira (2) as buscas pelos dois militares desaparecidos no domingo (1º) na localidade de Saicã. Os dois desapareceram no final da tarde, depois que o barco em que estavam num exercício de tiro virou na localidade na divisa entre Cacequi e Santa Maria.

Segundo a Basm, que confirmou o acidente por meio de uma nota oficial, estão desaparecidos o sargento Vorlei da Silva e o soldado Luiz Enehy Souza Silva. Eles estavam na área do Estande de Tiro de Saicã/Cacequi quando o barco em que estavam virou.

O capitão Jair Mário Cardoso, que estava na embarcação, conseguiu nadar até a margem, de acordo com o setor de Comunicação Social da Basm. O órgão informou que os militares estavam pescando durante a folga do exercício quando aconteceu o acidente.

A nota da Base Aérea não esclarece em que circunstâncias a embarcação virou. Um Inquérito Policial Militar foi aberto para apurar as causas do acidente. A investigação deve ser concluída em 40 dias.
De acordo com o comandante da Basm, coronel-aviador José Eduardo Ruppentthal, um helicóptero, um avião, um bote e mergulhadores procuram os desaparecidos no rio Cacequi desde o domingo.

Não há acesso por terra ao local de buscas porque uma ponte está submersa pela cheia do rio. O capitão resgatado foi internado no ambulatório da Basm com ferimentos leves. Ele ficou à deriva cerca de duas horas antes de ser resgatado. Em estado de choque, ele permanece sob efeito de tranquilizantes.

Os familiares das vítimas estão acompanhando o trabalho e recebendo apoio psicológico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos