Ex-deputado acusado de duas mortes em acidente é interrogado no PR

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

O ex-deputado estadual do Paraná Fernando Ribas Carli Filho foi interrogado na tarde desta terça-feira (10) pelo juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Curitiba, Daniel Ribeiro de Avelar. O magistrado terá dez dias para decidir se Carli Filho vai a júri popular.

Segundo a assessoria de imprensa da 2ª Vara, do Tribunal de Justiça do Paraná, a audiência ocorreu a portas fechadas, e o teor do depoimento não será divulgado.

Em 7 de maio de 2009, Carli Filho - que estava com a carteira de habilitação suspensa - dirigia o carro que se chocou contra o veículo conduzido por Gilmar Rafael Yared, de 26 anos, e que tinha como passageiro Carlos Murilo de Almeida, de 20 anos. Ambos morreram. A acusação tenta provar que Carli Filho agiu com dolo eventual ao ingerir bebida alcoólica antes de dirigir e trafegar em altíssima velocidade.

O ex-deputado não compareceu à primeira audiência de instrução e julgamento do processo no qual é denunciado por duplo homicídio com dolo eventual (assumiu o risco de matar), realizada em fevereiro deste ano, na capital paranaense.

*Com informações da Agência Estado

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos