Topo

Passageiros relatam caos no Metrô de SP após acionamento de botão; blusa teria provocado incidente

Foto enviada por internauta mostra passageiros do metrô andando nos trilhos após confusão - Simary Menezes/ Você Manda
Foto enviada por internauta mostra passageiros do metrô andando nos trilhos após confusão Imagem: Simary Menezes/ Você Manda

Do UOL Notícias<br> Em São Paulo

21/09/2010 10h33Atualizada em 21/09/2010 11h28

Depois de quase três horas de confusão na manhã desta terça-feira (21), as dezoito estações da Linha 3-Vermelha do Metrô de São Paulo voltaram a funcionar. Segundo o diretor de operações da companhia, Conrado Grava de Souza, uma blusa impediu o fechamento da porta do vagão e usuários acionaram o botão de emergência. Ele informou ainda que 17 trens foram danificados.

Uma composição parou às 7h51 no trecho entre a estação Pedro 2º e a Sé, na Linha 3-Vermelha, quando o trem seguia sentido Palmeiras/Barra Funda, depois que botão de emergência foi acionado. A assessoria de imprensa do Metrô explicou que este tipo de incidente não acontece com frequência, porque há uma orientação para que o botão não seja acionado indevidamente, mas, quando isso acontece, o procedimento padrão é parar o trem. Como os passageiros deixaram os vagões pelas saídas de emergência, a energia elétrica da linha precisou ser desligada e isso provocou o enorme atraso nas operações.

De acordo com internautas do UOL Notícias, o cenário depois do incidente foi de caos.

"Os passageiros do vagão onde eu estava começaram a quebrar os vidros. Foi horrível. Pessoas brigando umas com as outras, mulheres passando mal e muitos outros problemas. Infelizmente, estava impossível de usar os ônibus, que estavam superlotados", disse o internauta André Luiz.

Alisson Mello de Queiroz contou que estava dentro do trem quando houve a paralisação. "Virou um caos. Desligaram a circulação de ar e começou ficar abafado. As pessoas arrombaram uma das portas e eu desci. Caminhei na linha. As pessoas imploravam por ajuda, presas nos vagões", afirmou.

"Estava na estação Guilhermina-Esperança. Ficamos aguardando a movimentação por cerca de uma hora até que o maquinista solicitou que todos evacuassem o trem. Aí, o caos tomou conta da estação. Todos tiveram que sair da estação e nos foi dado um bilhete do metrô. Caos total", contou o internauta que se identificou como Alex.

"Fiquei presa por cerca de 45 minutos. Minha cunhada desmaiou com  a falta de ar. O maquinista não quis abrir a porta do metrô. As crianças estavam chorando, passando mal, as senhoras estavam com problema de pressão. A sorte é que tinha uma janela de emergência e os usuários estouraram", relatou Juliana Paula.

Você foi afetado pelo problema na Linha Vermelha do Metrô? Presenciou o incidente?


"Nunca pensei que tivesse que descer pela janela de emergência e andar pela via até a estação Tatuapé", resumiu a internauta Verônica.

Os passageiros também afirmam que havia relatos de que o problema foi causado por uma pessoa nos trilhos, mas o Metrô não confirma.

 

O atraso deixou os passageiros revoltados. "É um absurdo depois de passar pelo que passei e ouvir que foi por um simples botão de emergência", desabafou a internauta Vanessa N.

"Quando isso ocorre em São Paulo é impossível trabalhar. O trabalhador já sofre e, com estes acontecimentos, só perde tempo e chega atrasado aos seus compromissos. É descaso total", reclamou Cláudio Cícero.

"Esta história de dizer que foi isto ou aquilo é conversa para boi dormir. Estava em trem que ficou parado dentro do túnel do Bresser. As mensagens sonoras do condutor insultavam as pessoas, dizendo que era vandalismo. As informações eram desencontradas e sem qualquer sentido. Uma vergonha", disse o internauta que se identificou como Jonas.

Os passageiros das estações Corinthians/Itaquera e Tatuapé passaram a usar os trens da Linha 11 Coral da CPTM. A companhia também solicitou reforço de ônibus à SPTrans.

O Metrô de São Paulo

Ficha técnica do Metrô de SP

 InauguraçãoPassageiros diáriosEstaçõesExtensão (em km)Trens
Linha 1
Azul
1974915 mil2320,2306
Linha 2
Verde
1991276 mil1211,7 (+ 3 km em construção)132
Linha 3
Vermelha
19791,08 milhão1822 km282
Linha 4
Amarela
2010709 mil (após a conclusão da 1ª fase)2 prontas; 11 em construção4,9 km (12,8 km quando concluída)3
Linha 5
Lilás
2002132 mil6 (+ 10 em construção)8,4 km (14 km quando concluída)48
Metrô de SP19742,4 milhões (atual)58 (atual)66,9 (atual)771 (atual)

 

Mais Cotidiano