Topo

Médico de São Paulo desaparece após mergulhar no rio Amazonas, no Pará

Martha Costa<BR>Especial para o UOL Notícias<BR>Em Santarém (PA)

2011-10-10T16:17:37

10/10/2011 16h17

O médico cardiologista Paulo Alberto Marques Jennings, 56, de São Paulo, está desaparecido desde o último sábado (8), quando saiu para pescar e, após mergulhar no rio Amazonas, não foi mais visto.

O incidente aconteceu por volta de 15h na região conhecida como Ilha da Capivara, proximidades da comunidade de Januária, no município de Óbidos (1.100 km de Belém). Equipes do 4º Grupamento de Bombeiro Militar (4º GBM), Delegacia da Capitania dos Portos de Santarém e mergulhadores particulares participam das buscas para encontrar o médico.

Jennings e um grupo de amigos retornavam do município de Oriximiná, onde estariam participando de uma pescaria, quando ele decidiu dar um mergulho e desapareceu.

De Santarém (850 km de Belém) equipes de busca saíram no sábado às 18h30 em lancha da Marinha e permaneceram no local fazendo trabalho de reconhecimento da área para que na manhã do domingo pudessem iniciar as buscas na área, que tem aproximadamente 30 metros de profundidade e fortes correntezas.

Nesta segunda-feira (10) mais quatro militares do 4º GBM saíram de Santarém de lancha para dar apoio às buscas. Até o momento o médico não foi encontrado.

Nascido em Santarém, Jennings trabalha há 30 anos no hospital Itacolomy, em São Bernardo do Campo (região do ABC, em São Paulo). Ele era reconhecido no Pará pelos serviços prestados à população carente e foi agraciado em 2008 com a medalha Padre João Felipe Bettendorf , comenda máxima de sua cidade-natal.

Mais Cotidiano