PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Após quase um mês, Genoino recebe alta de hospital em São Paulo

Do UOL, em São Paulo

20/08/2013 14h43

O deputado federal José Genoino (PT-SP), 67, deixou nesta terça-feira (20) o hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, onde estava internado desde o último dia 27 por conta de problemas cardíacos.

O boletim médico que divulgou a alta do parlamentar, das 13h50,  foi assinado pelos médicos Antonio Carlos Onofre de Lira e Yana Novis, respectivamente diretor técnico médico e diretora clínica do hospital. Segundo eles, Genoino havia sido "submetido à cirurgia para correção de dissecção de aorta".

À época, o deputado federal chegou a ser internado na Santa Casa de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, onde estava com a família, após sentir fortes dores no peito.  No último dia 5, o paciente chegou a sofrer uma isquemia (obstrução da circulação sanguínea) cerebral leve, mas seu quadro se mantece estável.

No ano passado, José Genoino passou por exame de cateterismo para o desentupimento de uma artéria.

O deputado já foi presidente do PT e líder do partido na Câmara dos Deputados. Atualmente, é um dos membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

Condenado do mensalão

Também em 2012, Genoino foi um dos 25 condenados no julgamento do mensalão no STF (Supremo Tribunal Federal).

O ex-presidente nacional do PT foi condenado pela Suprema Corte em dezembro passado por corrupção ativa e formação de quadrilha a uma pena de 6 anos e 11 meses, além do pagamento de multa. A pena dele inclui a perda dos direitos políticos e, em consequência, a perda do mandato parlamentar.

A execução da punição só acontece depois de votados os recursos, o que deve ocorrer ainda este mês.

Cotidiano