Topo

Após vítima voltar atrás, Justiça do Rio manda soltar ator Vinícius Romão

Jacyara Pianes

Do UOL, no Rio

2014-02-25T16:31:58

25/02/2014 16h31

O juiz Rudi Baldi deicidiu nesta terça-feira (25) pela liberdade provisória do ator Vinícius Romão, preso por suspeita de roubo no último 10, depois que a vítima, que teve sua bolsa roubada, reconheceu o rapaz duas vezes.

Conforme a sentença divulgada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Romão não apresenta o perfil corriqueiro de autores de crime dessa espécie. "É uma pessoa que trabalha, estuda e tem endereço fixo, além de não possuir antecedentes criminais".

No entanto, o caso ainda não foi finalizado. "São necessários alguns esclarecimentos nas declarações prestadas, e suas condições pessoais não demonstram que seu retorno à liberdade comprometa a ordem pública, dificulte a aplicação da lei penal ou seja inconveniente para a instrução criminal, ao menos por ora".

Nesta tarde, de acordo com o delegado Niandro Lima, titular da 25ª DP (Engenho Novo), a vítima foi ouvida novamente, e alegou ter se confundido na hora do reconhecimento.

Protesto

Cerca de 20 amigos do ator chegaram a realizar um protesto na manhã desta terça no Viaduto de Todos os Santos, no bairro do Méier, zona norte do Rio. Vestidos de camisa preta, a mesma cor da roupa que Souza usava no dia da prisão, os manifestantes interditaram o trânsito por alguns minutos exigindo a imediata soltura do rapaz.

"Ele foi confundido pela vítima, já que é negro e usa cabelo black power. Ele foi preso sem direito de defesa. Estamos indignados", afirmou o também ator Vinícius Melich, 25.

Mais Cotidiano