Topo

Homem é preso acusado de furtar 300 calcinhas em Minas Gerais

Jailson Pereira/Divulgação
Na casa do suspeito, a polícia encontrou quase 300 calcinhas amontoadas Imagem: Jailson Pereira/Divulgação

Rayder Bragon

Do UOL, em Belo Horizonte

2015-04-23T11:34:17

23/04/2015 11h34

Um homem foi preso em flagrante acusado de ter furtado calcinhas e sutiãs em casa de uma moradora da cidade de Capelinha (427 km de Belo Horizonte), município do Vale do Jequitinhonha.

Segundo a ocorrência, o suspeito de 36 anos, que não teve o nome divulgado, foi detido na terça-feira (21) com duas calcinhas nos bolsos de sua calça após denúncia de uma moradora da cidade, que afirmou ter visto o homem entrando em sua residência.

Conforme a assessoria da Polícia Civil de Minas Gerais, o preso teria assumido o furto das peças íntimas, que, segundo ele, foram levadas da casa da vítima na última sexta-feira (17).

À delegada de plantão, ainda de acordo com o setor, ele disse ser portador de transtornos mentais e não soube explicar a motivação para a prática dos furtos. Em seguida, foi conduzido para a cadeia pública da cidade mineira.

Na casa do suspeito, a polícia encontrou quase 300 calcinhas amontoadas em cima de um lençol e que supostamente estariam sendo “colecionadas” pelo homem.

Segundo a polícia, ele disse que as peças localizadas na sua casa foram furtadas há muito tempo na cidade de Turmalina (480 km da capital mineira e próxima a Capelinha).

Sobre esse episódio, a Polícia Civil revelou a existência de um inquérito que está ainda em aberto. O homem chegou a ser intimado a depor, mas havia negado ser o autor dos furtos.

O UOL não conseguiu identificar se o acusado possui advogado de defesa.

Mais Cotidiano