Topo

Ministro sobrevoa barragens e diz que desaparecidos são prioridade

Do UOL, em Brasília

2015-11-06T14:09:07

2015-11-06T14:15:54

06/11/2015 14h09Atualizada em 06/11/2015 14h15

Após sobrevoar nesta sexta-feira (6) a região de Minas Gerais afetada pelo rompimentos de duas barragens, o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, afirmou que a prioridade neste momento é a busca e identificação das pessoas desaparecidas.

"A prioridade, neste momento, é identificar as pessoas desaparecidas para fazer um levantamento exato das vítimas, fazer a busca e prestar assistência aos desabrigados", afirma nota divulgada pelo ministério.

Pelo menos 500 pessoas foram resgatadas no subdistrito de Bento Rodrigues, em Mariana (a 116 km de Belo Horizonte). Equipes da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e do Exercito trabalham no local.

O ministro e o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Adriano Pereira, reuniram-se nesta sexta-feira com representantes da mineradora Samarco, responsável pelas barragens, e da Prefeitura de Mariana. A Sedec faz a articulação das ações federais relacionadas ao acidente em Mariana.

Occhi também visitou o ginásio onde estão os desabrigados pela enxurrada. A Prefeitura de Mariana está cadastrando as pessoas desalojadas, que deverão receber roupas, colchões e alimentos.
 

Mais Cotidiano