Topo

Prefeito de Mariana quer levar desabrigados para hotéis e pousadas

Carlos Eduardo Cherem

Colaboração para o UOL, em Mariana (MG)

2015-11-06T13:42:37

06/11/2015 13h42

A Prefeitura de Mariana (MG) quer encaminhar os desabrigados por conta do rompimento das barragens para hotéis e pousadas da cidade, com despesas pagas pela mineradora Samarco. "Solicitei à diretoria da empresa o pagamento de diárias em hotéis para os desalojados os diretores sinalizaram que concordam com a iniciativa", disse o prefeito Duarte Júnior (PPS). Até o início da tarde, no entanto, a mineradora, que é a responsável pelas barragens que romperam, não tinha confirmado a informação.

As barragens Fundão e Santarém romperam na tarde de quinta-feira (5) e espalharam lama e detritos no subdistrito de Bento Rodrigues. 

Já o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), afirmou nesta sexta-feira (6), durante visita aos desabrigados instalados na Arena Mariana, que recebeu a informação de executivos da Samarco que há 13 funcionários desaparecidas em consequência do acidente.

Acompanhado do ministro da Integração Nacional Gilberto Occhi, o governador mineiro sobrevoou de helicóptero as áreas do subdistrito de Bento Rodrigues e da vila de Paracutu, os mais atingidos pela tragédia.

"Foi um marco muito infeliz. Não há ainda cálculos sobre o número de vítimas. Estive agora com executivos da Samarco que me informaram que há 13 desaparecidos", afirmou Pimentel. "O que pode ser feito, está sendo feito. É muito cedo para tirar conclusões".

 
 

Vídeo mostra rompimento de barragem e desespero

UOL Notícias

Mais Cotidiano