Estátua do 'boi sem coração' é vandalizada em Ouro Fino (MG)

Carlos Eduardo Cherem

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

  • Divulgação/ Prefeitura de Ouro Fino

    Estátua do boi pichada na entrada da cidade de Ouro Fino

    Estátua do boi pichada na entrada da cidade de Ouro Fino

A estátua do "boi sem coração", que compõe o conjunto de esculturas do "Menino da Porteira", em Ouro Fino (MG) (a 445 Km de Belo Horizonte), foi vandalizada na madrugada desta segunda-feira (18). Quatro pessoas ainda não identificadas picharam a escultura do artista plástico Genésio de Moura, o Ceará, inaugurada no mês passado, na véspera do Natal.

A PM (Polícia Militar) de Minas Gerais registrou um boletim de ocorrência. A Polícia Civil de Minas Gerais abriu inquérito para investigar o caso.
Câmaras de segurança de prédios públicos no entorno da estátua, como a rodoviária, a agência dos Correios e a Câmara Municipal, serão analisadas.

Segundo o coordenador de Turismo e Cultura de Ouro Fino, Dorival Júnior, Ceará será responsável pela limpeza do monumento e, caso a tinta utilizada para pichar o "boi sem coração" não possa ser removida, a estátua será pintada novamente pelo artista plástico.

"É um fato lamentável, mas ver se consertamos o estrago rapidamente. A população ficou muito aborrecida", disse o coordenador de Turismo e Cultura.
Não há ainda estimativa de quanto será gasto pela prefeitura para consertar o estrago.

Com cinco metros de altura e nove metros de comprimento, a estátua do "boi sem coração" foi instalada na praça em frente ao terminal rodoviário do município, a aproximadamente 300 metros de distância do trevo de entrada de Ouro Fino, no km 51 da rodovia MG-290. O local é próximo de onde está a escultura "O  Menino da Porteira", que tem 10 metros de altura e 20 metros de comprimento. Outras duas esculturas que vão compor a instalação artística -, "O Berrante" e "O Boiadeiro", serão criadas ainda em 2016.

O complexo de estátuas de Ouro Fino, que teve um custo de R$ 200 mil, foi criado para incrementar o turismo no município em alusão aos elementos da célebre música sertaneja "O Menino da Porteira", de Teddy Vieira e Luís Raimundo.

A música foi gravada inicialmente pela dupla Luizinho e Limeira, em 1955, e por muitos outros artistas ao longo de 60 anos. Duas das versões mais conhecidas são as do cantor Sérgio Reis e da dupla Tonico e Tinoco. Na letra, em um dos versos, a cidade de Ouro Fino é citada.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos