Polícia divulga foto de suspeito de matar jovem no aeroporto de Porto Alegre

Lucas Azevedo

Colaboração para o UOL, em Porto Alegre

  • Polícia Civil do Rio Grande do Sul

    Foto divulgada pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul de ter atirado e matado jovem de 18 anos dentro do aeroporto Salgado Filho

    Foto divulgada pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul de ter atirado e matado jovem de 18 anos dentro do aeroporto Salgado Filho

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul divulgou, na tarde desta quinta-feira (22), a identidade e foto de um dos suspeitos de envolvimento no assassinato de Marlon Roldão Soares, 18, no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, na última segunda-feira. Diego da Silva Severo, 25, que já possui diversas passagens pela polícia, inclusive por homicídio, está sendo procurado.
 
Além dele, um adolescente de 16 anos, cuja identidade não foi revelada, também é suspeito de ter alvejado a vítima no saguão do terminal 2 do aeroporto.  Outras duas pessoas, entre elas uma mulher, estão sendo identificadas.
 
Os policiais chegaram até os suspeitos analisando imagens de câmeras de segurança e através de denúncias anônimas. Os suspeitos que ainda não foram identificados são o motorista do veículo de fuga dos atiradores, um Chevrolet Cobalt encontrado abandonado nas proximidades do aeroporto após o crime, e uma mulher. Ela teria entrado no saguão com os atiradores e identificado o alvo. Foi a partir de um sinal dela que os assassinos se dirigiram ao grupo e acertaram Soares.
 
Ainda não se sabe a motivação para o assassinato. Uma das linhas de investigação da polícia aponta para a possibilidade de Soares ter sido morto por engano.

O  crime

Jovem é executado no saguão do aeroporto de Porto Alegre (RS)

A vítima, um jovem que completou 18 anos nessa segunda-feira, estava com familiares se despedindo de um amigo que pegaria um voo. Por volta das 11h, dois homens que já estariam no saguão acompanhando a movimentação, se aproximaram de Soares e executaram cerca de 20 disparos de pistola 9 milímetros. Houve corre corre no local. 

Os atirados fugiram em um Chevrolet Cobalt prata, flagrado saindo em alga velocidade por cinegrafistas que estavam no local para aguardar o desembarque de Renato Portaluppi, novo treinador do Grêmio.  

A polícia logo fez buscas e localizou o carro a dois quilômetros do aeroporto. Conforme testemunhas, os ocupantes do Cobalt abandonaram o veículo e embarcaram em dois carros, fugindo do local.  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos