Anvisa proíbe venda de lote do azeite extra virgem da Olivenza

Fernando Arbex

Colaboração para o UOL

  • Divulgação

A Anvisa comunicou nesta segunda-feira que proibiu a distribuição e comercialização do lote 16D18 de azeite extra virgem da marca Olivenza, válido até 04/2019. O órgão informa que o produto da empresa Olivenza Indústria de Alimentos Ltda. apresentou índices de refração e iodo acima dos recomendados, de acordo com laudo emitido pelo Centro de Laboratório Regional de Santos IX, coordenado pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL), vinculado ao governo do Estado de São Paulo. A resolução foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta segunda.

A Olivenza já foi notificada e sofreu sanções em duas oportunidades em 2015, por irregularidades encontradas na análise de seu azeite. Em março deste ano, a marca Torre de Quintella, da Olivenza, foi reprovada em um teste do órgão não governamental Proteste, que divulgou o parecer no último dia 23.

Em comunicado, a Olivenza Indústria de Alimentos Ltda. manifesta "sua  indignação ao laudo apresentado pela Anvisa". A empresa alega que foi cerceada do direito a contraprova, porque o lacre da amostra estava rompido, o que impossibilitou a perícia do material.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos