No RS, mãe é suspeita de pagar namorado para matar filha de 13 anos

Colaboração para o UOL, em Porto Alegre

  • Getty Images

Uma mulher de 54 anos foi presa suspeita de mandar matar a própria filha, de 13 anos, no interior do Rio Grande do Sul. O assassino seria o padrasto da menina, de 30. O caso chocou Santa Cruz do Sul (a 150 km de Porto Alegre), no Vale do Rio Pardo.

Para a polícia, um suposto relacionamento entre padrasto e a vítima motivou a mãe a oferecer dinheiro ao companheiro para realizar o assassinato. Nenhum dos suspeitos teve a identidade revelada.

O desaparecimento de Francine Sins da Silva foi registrado na noite da sexta-feira passada (14). Conforme depoimento da mãe da menina, ela teria saído à tarde com o padrasto para comprar ovos de Páscoa. Desde então, a menina não teria mais sido vista.

A polícia iniciou as buscas e logo colocou sob suspeita o namorado da mãe da garota.

O corpo de Francine foi encontrado com marcas de estrangulamento em um matagal, em uma região afastada da cidade, na manhã do dia seguinte.
 
O padrasto acabou sendo preso na tarde de quinta-feira e confessou o crime. Segundo o homem, a mãe de Francine descobriu o relacionamento entre ele e a filha. Enciumada, ela ofereceu dinheiro para que ele quitasse o pagamento de uma motocicleta em troca da morte da menina.
 
A Justiça aceitou o pedido de prisão preventiva feito pela Polícia Civil. "Há algum tempo ela vinha tentando convencê-lo da ideia do crime", explicou a delegada Lisandra Carvalho, baseada no depoimento do preso. À polícia, a mãe negou envolvimento no assassinato.
 
A mãe de Francine e seu padrasto devem ser indiciados por feminicídio duplamente qualificado, por asfixia e pagamento de recompensa pela morte. Eles foram encaminhados a penitenciárias da região. A reportagem tentou, sem sucesso, localizar seus advogados para comentar o caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos