Após guerra entre traficantes no Rio, Baixada Fluminense fica "ilhada"

Vagner Magalhães

Colaboração para o UOL

  • Twitter/PMERJ

    Policiais do Grupamento Aero Móvel reforçaram o policiamento na avenida Brasil

    Policiais do Grupamento Aero Móvel reforçaram o policiamento na avenida Brasil

Um intenso tiroteio entre supostos traficantes deixou a comunidade da Cidade Alta, em Cordovil, na zona norte do Rio, em pânico desde a madrugada desta terça-feira (2). Tiros ainda podiam ser ouvidos nesta manhã no local. Segundo a polícia, após o tiroteio, os bandidos teriam fugido para a Baixada Fluminense.

O Batalhão de Operações Especiais (Bope), em conjunto com outros policiais militares, está no local. De acordo com a polícia, a troca de tiros se deu entre rivais da cidade Alta e de Parada de Lucas.

Por conta da operação policial, pelo menos sete ônibus e um caminhão foram incendiados na região. Os focos de incêndio foram verificados principalmente na rodovia Washington Luís e na avenida Brasil. As aulas foram suspensas na região. Os incêndios começaram por volta das 10h da manhã desta terça-feira.

A Polícia Militar informou, por meio de sua assessoria, que está intensificando o patrulhamento ao longo de toda a extensão da avenida Brasil, inclusive com o uso de helicópteros. Não há registro de feridos até o momento. 

Por conta dos incêndios, a região está praticamente ilhada, já que os principais acessos foram impactados por causa do fogo nos veículos. O trânsito chegou a ser interrompido, mas já foi liberado. 

A Polícia Militar informou que pelo menos 26 pessoas foram presas na operação. Também foram apreendidos 17 fuzis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos