Diego Herculano/AFP

Violência no Rio

Tiroteio deixa professores e alunos acuados em corredor de creche no Rio

Do UOL, no Rio

Um tiroteio na Praça Seca, zona oeste do Rio de Janeiro, provocou pânico na creche municipal Emília Joana da Fonseca Marques, na favela Bateau Mouche, em Jacarepaguá, no fim da manhã de segunda-feira (26).

Com medo dos disparos, professores e alunos ficaram acuados e abaixados em um corredor, segundo vídeos divulgados em uma rede social.

A Secretaria Municipal de Educação informou que, por conta do clima tenso na região, as atividades foram suspensas, ontem, no turno da tarde. De acordo com a prefeitura, o panorama se repete na manhã desta terça-feira (27). Com isso, ao menos 142 crianças tiveram que ficar em casa.

A comunidade Bateau Mouche é alvo de uma antiga disputa entre milicianos e traficantes de drogas.

Em nota, a PM informou ter sido acionada para uma ocorrência de troca de tiros entre criminosos locais e "supostos rivais em uma área de mata". Na versão da corporação, a situação foi controlada após a chegada de homens do 9º BPM (Rocha Miranda).

Durante o confronto, uma mulher e um homem não identificados ficaram feridos por estilhaços de bala. Eles foram atendidos no hospital federal Cardoso Fontes, segundo a Polícia Militar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos