Idoso leva galo à delegacia do interior de SP após reclamação de vizinhos

Eduardo Schiavoni

Colaboração para o UOL

  • Reprodução

    Galo de aposentado incomodou vizinhos, foi levado à delegacia e virou atração

    Galo de aposentado incomodou vizinhos, foi levado à delegacia e virou atração

A Polícia Civil de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, precisou lidar com um visitante inusitado na manhã desta quarta-feira (2). Não era nenhum caso da rotina das autoridades locais. Um aposentado colocou seu galo de estimação debaixo do braço e entrou na delegacia para registrar um boletim de ocorrência.

O idoso decidiu denunciar seus próprios vizinhos depois de anos de ameaças contra seu galo. O motivo? Ele canta demais. Como as reclamações começaram a ficar muito frequentes nos últimos dias, o jeito foi recorrer à proteção policial.

Logo que chegou, o galo virou atração. Teve quem o colocasse sobre o capô de um carro para uma sessão de fotos. Dentro da delegacia, o assédio aumentou. Um dos presentes sacou o celular e ensaiou uma entrevista com o aposentado.

"Querem matar o seu galo?", perguntou o entrevistador. "Tem que matar o vizinho, não ele", opinou um curioso atrás da câmera.

Para o aposentado, seu galo "não vale mil, vale milhões": "Esse galo aqui vale milhões. Um galo desse aqui tem privilégio da vida e tem mais ser do que um ser humano."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos