Violência no Rio

Após descobrir estar com HIV, mulher mata marido e coloca corpo em mala

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Mala que transportava o corpo de Jair Isidório, 68, assassinado pela mulher no Rio de Janeiro

    Mala que transportava o corpo de Jair Isidório, 68, assassinado pela mulher no Rio de Janeiro

Policiais militares do 14º Batalhão (Bangu) prenderam na noite de sexta-feira (26) uma mulher que matou o marido e depois escondeu o corpo numa mala. O crime aconteceu em Antares, na zona oeste do Rio.

Sílvia Cristina Barcelos da Mota, 43, foi presa em flagrante, quando transportava a mala que levava o corpo na avenida Duque Caixas, nas proximidades da estação de trem do bairro de Magalhães Bastos. Ela confessou que fez seu companheiro Jair Isidório, 68, tomar tranquilizantes, segundo nota divulgada pela Polícia Civil do Rio. Após o homem perder a consciência, ela o estrangulou com um fio de televisão.

Em depoimento prestado na DH (Delegacia de Homicídios da Capital), Sílvia afirmou que desconfiava que Isidório lhe havia transmitido o vírus HIV, da Aids, e, por esta razão, resolveu matá-lo.

De acordo com a Polícia Civil do Rio, a acusada deve responder, ao menos, pelo crime de homicídio. Ela foi levada para a guarda da Seap (Secretaria de Administração Penitenciária). Até o presente momento, não havia sido informado o nome do advogado de Sílvia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos