Topo

PF realiza operação de combate a crimes praticados pela internet

Divulgação
Policial cumpre mandado de busca e apreensão em casa de um dos supostos envolvidos Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

10/05/2018 07h12

Agentes da Polícia Federal deflagraram na manhã desta quinta-feira (10) uma operação para combater crimes de racismo, ameaça, incitação ao crime e terrorismo praticados por meio da internet. Cerca de 60 agentes participam da ação denominada Operação Bravata, cumprindo um mandado de prisão preventiva e oito de busca e apreensão nas capitais Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife e nas cidades de Santa Maria (RS) e Vila Velha (ES).

Os envolvidos participavam de fóruns na internet ou praticavam os crimes por meio de sites, incentivando estupros, assassinato de mulheres e negros e terrorismo. Em nota, a PF afirmou haver evidências de os suspeitos tenha sido responsáveis por ameaças de bomba a universidades do país.

Eles podem responder pelos crimes de associação criminosa, ameaça, racismo e incitação ao crime. A soma das penas dos crimes investigados pode chegar a 39 anos de prisão. 

Segundo a PF, a investigação teve início após uma operação feita em 2012. Por meio dos presos naquela ocasião, os investigadores chegaram a outras pessoas que estariam associadas a prática. 

O preso será conduzido à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde permanecerá à disposição da Justiça.