PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Aeronave com 7 a bordo cai em São Paulo; piloto morre

Gabriela Fujita*

Do UOL, em São Paulo

29/07/2018 18h45Atualizada em 30/07/2018 16h14

Uma aeronave caiu, na tarde deste domingo (29), no aeroporto Campo de Marte, na zona norte de São Paulo. O acidente aconteceu por volta das 18h, segundo a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros, capitão Marcos Palumbo, seis vítimas (cinco passageiros e o co-piloto) foram socorridas com vida, e uma delas, o piloto do avião, morreu no local. Os nomes das vítimas ainda não foram divulgados oficialmente.

Antonio Traversi, piloto do avião que caiu no Campo de Marte, neste domingo (29), morreu no local  - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Antonio Traversi, piloto do avião que caiu no Campo de Marte, morreu no local
Imagem: Reprodução/Facebook

Um dos sócios da empresa Videplast, Eliandro Pazin, disse que o avião é da empresa.

Segundo ele, estavam a bordo os dois fundadores da companhia, Nereu Denardi e Geraldo Denardi, que são irmãos, o coordenador da empresa, Aguinaldo Nunes, e o filho de Nereu, de 17 anos.

O nome do piloto é Antonio Traversi, segundo Pazin.

Segundo informações da TV Globo, as outras vítimas são Agnaldo Crippa e Bene Souza.

Avião King Air C90GTI, fabricado pela Hawker Beechcrat, que caiu no Campo de Marte neste domingo (29) - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
King Air C90GTI, da Hawker Beechcraft, que caiu no Campo de Marte neste domingo (29)
Imagem: Reprodução/Facebook

Os cinco passageiros foram levados a hospitais da região, apresentando ferimentos leves. O co-piloto foi encaminhado ao Hospital das Clínicas, com apoio do helicóptero Águia.

A operação de tentar salvar o piloto, preso às ferragens da aeronave, levou cerca de uma hora, de acordo com Palumbo, mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

O avião, do tipo BE9L, tentou fazer um pouso de emergência na área de pousos e decolagens do aeroporto, bateu na pista e chegou a pegar fogo, segundo os Bombeiros.

De acordo com a Infraero, a aeronave vinha de Videira, em Santa Catarina, para São Paulo.

Avião 2 - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Aeronave pegou fogo após bater na pista do Campo de Marte
Imagem: Reprodução/Twitter

Consta do registro da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) que o avião, um bimotor turbo-hélice, foi fabricado em 2008 pela Hawker Beechcraft, com capacidade para sete passageiros. A aeronave estava em situação regular de operação. A Anac vai investigar as causas do acidente.

O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) informou que investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do Cenipa, realizam a Ação Inicial da ocorrência envolvendo a aeronave, que é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

*com Aiuri Rebello e Agência Brasil

Bombeiros tentam resgatar vítimas após queda

UOL Notícias

Cotidiano