Topo

Pezão participa do hasteamento da bandeira em presídio

Reprodução/TV Globo
Pezão participa da cerimônia de hasteamento da bandeira nacional em presídio de Niterói Imagem: Reprodução/TV Globo

Gabriel Sabóia

Do UOL, no Rio

07/12/2018 10h58

O governador afastado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), participou da cerimônia de hasteamento da bandeira nacional, nesta sexta-feira (7), no pátio do (BEP) Batalhão Especial Prisional da PM (Polícia Militar) em Niterói, onde ele está detido desde o último dia 29.

As imagens, feitas pela TV Globo, mostram uma das atividades da rotina de Pezão na cadeia. A regra da unidade obriga todos os detentos a se perfilarem em frente à bandeira do Brasil às sextas-feiras, às 8h e às 18h. Nas imagens, o emedebista aparece usando bermuda preta, camiseta branca --semelhante aos demais presos-- e chinelo de dedo.

Pezão é suspeito de liderar uma organização criminosa que favorecia empresas em contratos com órgãos públicos em troca de propina. As investigações apontam que o esquema pode ter movimentado até R$ 40 milhões entre os anos de 2007 e 2015. Em depoimento à Polícia Federal, Pezão negou ter recebido propinas, segundo informou seu advogado, Flávio Mirza.

Pelo fato de ser governador, desde que foi preso pela Operação Boca de Lobo, Pezão permanece na sala de estado-maior do BEP. No local, sem grades e monitorado por câmeras, o emedebista tem tido a mesma alimentação dos demais presos. No primeiro dia depois da prisão, por exemplo, o governador comeu pão com manteiga e café com leite.