Topo

Batida entre carreta e micro-ônibus mata 6 e fere 23 na Bahia

Carreta transportando sacas de milho atingiu micro-ônibus lotada nesta quinta-feira - Redes Sociais / Reprodução
Carreta transportando sacas de milho atingiu micro-ônibus lotada nesta quinta-feira Imagem: Redes Sociais / Reprodução

Alexandre Santos

Colaboração para o UOL, em Salvador

03/01/2019 15h13Atualizada em 03/01/2019 20h18

Seis pessoas morreram e 23 ficaram feridas após uma batida entre uma carreta e um micro-ônibus na BR-242, no perímetro urbano da cidade de Seabra, na região da Chapada Diamantina (BA). O acidente ocorreu por volta das 9h da manhã desta quinta-feira (3).

Segundo a Polícia Civil, os mortos são: Thalita Ribeiro da Silva Lopes, 31, Angeline da Silva Costa, 33, Simone Otília Gomes Silva (idade não divulgada), Rosalvo Ferreira da Costa (pai de Angeline), 60, Delma Ribeiro da Silva, 55 anos (mãe de Thalita) e Rebeca Silva Oliveira (idade não divulgada). Tanto o condutor da carreta quanto o do micro-ônibus sobreviveram.

Testemunhas relataram à Polícia Civil que o caminhão teria perdido o freio antes de se chocar no fundo do micro-ônibus e atingir outros dois carros de passeio. Os veículos ficaram totalmente destruídos.

"Por ser um local muito movimentado, várias pessoas contaram que o caminhão desceu desgovernado, piscando os faróis e buzinando para que os veículos pequenos saíssem da frente", afirmou o agente Glauber Nunes, da PRF.

O delegado Marcos Alessandro Araújo, titular da 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Seabra), disse que, após perder os freios, o caminhão capotou na beira da estrada.

"Vamos ouvir as vítimas assim que tiverem condições médicas e também a perícia que será feita vai nos ajudar a entender melhor o que aconteceu", disse Araújo.

Em razão do impacto, o micro-ônibus teve o teto arrancado. Já a carreta ficou sem a cabine.

Bolsas pelo chão

Os objetos dos passageiros e a carga levada pelo caminhão ficaram espalhados pela rodovia. Conforme a PRF, a carreta transportava sacas de flocos de milho.

O órgão informou que o micro-ônibus tinha capacidade para 23 pessoas --incluindo o motorista-- e estava cheio no momento do acidente. O veículo partiu de Goiás com destino ao município baiano de Senhor do Bonfim, de onde tem placa. A carreta, por sua vez, chegava de Barreiras, no oeste do estado.

Os sobreviventes foram encaminhados para o Hospital Regional da Chapada, em Seabra. Não há informações sobre o estado de saúde, nem nomes.

O socorro aos feridos foi prestado com o apoio da Polícia Militar e contou com reforço de ambulâncias de cidades vizinhas. Equipes da polícia técnica realizavam perícia na rodovia no início da tarde.

Por volta das 12h, o trânsito na região foi normalizado. Uma aeronave do Graer (Grupamento Aéreo da PM) foi deslocada para transportar pacientes mais graves para a capital. Os seis mortos foram levados para as unidades do DPT (Departamento de Polícia Técnica) de Irecê e de Itaberaba. 

Mais Cotidiano