PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

AGU quer que operadoras forneçam dados sobre celulares perto da barragem

26.jan.2019 - Bombeiros trabalham na área destruída pela queda da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho - Corpo de Bombeiros de Minas Gerais
26.jan.2019 - Bombeiros trabalham na área destruída pela queda da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho Imagem: Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

26/01/2019 16h37

A AGU (Advocacia-Geral da União) pediu que a Justiça Federal de Minas Gerais obrigue as operadoras de telefonia móvel a fornecer dados de sinais celulares de clientes que estavam na região do rompimento da barragem de Brumadinho (MG).

A informação foi dada pela AGU em nota divulgada neste sábado (26). O objetivo é identificar possíveis vítimas da tragédia e ajudar as equipes de busca a localizar desaparecidos.

"Somente de posse desses dados, será possível constatar as pessoas situadas nas proximidades da mina, quais delas se conectaram a outras torres após o ocorrido --e, portanto, provavelmente não foram atingidas-- e quais aquelas cujos sinais se perderam logo após o rompimento. Essas informações serão importantíssimas para que se possam direcionar as medidas de resgate e amparo às pessoas atingidas e aos seus familiares, bem como reduzir as incertezas com relação aos levantamentos realizados até o momento", afirma trecho do pedido.

A solicitação da AGU ainda pede que os dados sejam repassados das operadoras diretamente aos órgãos envolvidos nas buscas e no resgate, como a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

Cotidiano