PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Pai é preso acusado de dar chicotadas no filho de 5 anos no Maranhão

José da Paixão disse que agrediu o filho porque criança o desobedeceu - Divulgação/Secretaria de Segurança Pública do Maranhão
José da Paixão disse que agrediu o filho porque criança o desobedeceu Imagem: Divulgação/Secretaria de Segurança Pública do Maranhão

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, em Maceió

28/02/2019 19h21

Um menino de cinco anos foi agredido a chicotadas pelo próprio pai na cidade de Itapecuru Mirim (MA), a 117 km de São Luís, na noite de ontem, segundo a polícia. A criança ficou ferida nas costas, na cabeça e no rosto. O acusado, José da Paixão, de 32 anos, foi preso em flagrante após a polícia receber denúncia feita pelo Conselho Tutelar. 

De acordo com a polícia, vizinhos relataram que esta não foi a primeira vez que o menino foi espancado pelo pai. Em entrevista coletiva concedida hoje, Paixão afirmou que bateu no menino porque ele teria sido desobediente e iria sair de casa sem autorização.

"Eu disse que ele não saísse, mas ele me desobedeceu. Eu perdi a cabeça, errei feio e agora tenho que pagar pelo que fiz. A última lapada que dei nele pegou na cabeça e no rosto", confessou o acusado, dizendo estar arrependido. "Peço até desculpa a meu filho", completou. Ele negou possíveis agressões anteriores.

A mãe da criança, que não teve o nome informado, teria tentado impedir as agressões e pediu ajuda aos vizinhos, que acionaram o Conselho Tutelar e a polícia. 

A criança foi encaminhada para o Hospital Regional Adélia Matos Fonseca e, ao ser examinada pela equipe médica, recebeu alta e está com a mãe. 

No momento da prisão, a polícia apreendeu uma espingarda dentro da casa. O homem foi autuado em flagrante por lesão corporal e por posse ilegal de arma de fogo. 

José da Paixão está preso na Delegacia Regional de Itapecuru Mirim, onde aguarda transferência para uma unidade do sistema prisional do Maranhão. Ele não constituiu advogado e a Defensoria Pública vai ser avisada para fazer a defesa.

Cotidiano