Topo

Homem invade apartamento, atira na ex-mulher e depois se mata em Campinas

Bruna Alves

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/04/2019 17h31

Um homem de 44 anos invadiu um condomínio fechado, atirou contra sua ex-mulher e depois se matou na noite de ontem, no Jardim Bela Vista, em Campinas, interior de São Paulo, segundo a PM (Polícia Militar). O motivo seria uma revolta por a mulher estar em um novo relacionamento.

Segundo a PM, o vendedor Alexsandro Marques Moreira chegou ao prédio e ameaçou o porteiro do condomínio para receber a chave do apartamento de Yannhe Marques, 33. Depois, subiu até a residência e começou a arrombar várias portas, em busca do atual namorado dela.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela SSP (Secretaria de Segurança Pública), a vítima foi encontrada pelo ex e baleada dentro do apartamento. O tiro atingiu a nuca e ela foi encaminhada ao Hospital das Clínicas (HC) Unicamp, onde passou por uma cirurgia.

Depois de permitir, sob ameaça, a entrada do homem no condomínio, o porteiro chamou a polícia. De acordo com a SSP, o autor do crime atirou contra a própria cabeça ao ver a chegada dos policiais no local. O resgate foi acionado, mas ele não resistiu ao ferimento e morreu.

O Hospital informou que Yannhe Marques continua na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), acompanhada da mãe, mas não quis dar detalhes do seu estado de saúde.

Ameaças

Segundo informações da PM, Alexsandro e Yannhe foram casados por 13 anos e estavam separados havia cinco meses.

A SSP informou ao UOL que o namorado da vítima, de 37 anos, foi ameaçado diversas vezes pelo ex de Yannhe. A PM afirma que não houve registro de nenhuma queixa da vítima contra o ex-marido, mas não soube informar se o atual namorado prestou queixa das ameaças sofridas.

O caso foi registrado como violência doméstica, tentativa de feminicídio e suicídio na 1ª Delegacia da Mulher de Campinas. A reportagem tentou contato com a delegacia, mas não obteve retorno.

Cotidiano