Topo

Tiroteio deixa um morto e um ferido na cidade de Uberaba em Minas Gerais

Eduardo Lucizano e Carolina Marins

Do UOL, em São Paulo

27/06/2019 06h57Atualizada em 27/06/2019 14h50

Um assalto a banco, seguido de tiroteio, deixou um morto e um ferido em Uberaba, em Minas Gerais, no início da manhã de hoje, de acordo com informações da Polícia Militar de Minas Gerais. Por volta das 4h, homens armados trocaram tiros nas ruas da cidade.

Segundo a PM, bandidos tentaram roubar uma agência do Banco do Brasil na avenida Leopoldino de Oliveira, no bairro de Nossa Senhora da Abadia. As duas vítimas são civis, de acordo com a PM, mas as identidades não foram reveladas.

Ainda de acordo com a PM, na fuga os assaltantes tomaram um caminhão e fizeram dois reféns, o motorista e uma criança. Após negociação, os policiais conseguiram libertar os reféns e prenderam 10 suspeitos.

Dez pessoas são presas suspeitas de participação em assalto a banco - Divulgação/Polícia Militar Minas Gerais
Dez pessoas são presas suspeitas de participação em assalto a banco
Imagem: Divulgação/Polícia Militar Minas Gerais
A ação assustou os moradores da cidade. É possível ouvir muitos tiros em vídeos publicados por moradores nas redes sociais. As imagens mostram a movimentação de diversos veículos, um deles com um homem amarrado --A PM não pôde confirmar ainda a veracidade dessas imagens.

Inicialmente, a PM havia informado que uma agência do Banco Itaú também teria sofrido a tentativa de assalto. O Itaú no entanto informou que a agência apenas foi atingida por disparos decorrentes do assalto ao Banco do Brasil.

Vista da agência do Banco do Brasil, na Avenida Leopoldino de Oliveira, em Uberaba (MG), que foi alvo de uma tentativa de assalto nesta quinta-feira - L. Adolfo/Estadão Conteúdo
Vista da agência do Banco do Brasil, na Avenida Leopoldino de Oliveira, em Uberaba (MG), que foi alvo de uma tentativa de assalto nesta quinta-feira
Imagem: L. Adolfo/Estadão Conteúdo

Em nota, o Banco do Brasil informou que está colaborando com a polícia para a elucidação do ataque e disse que "mantém soluções de segurança e estrutura dedicada à mitigação dos efeitos de ataques criminosos às suas dependências. Esses mitigadores contribuíram para retardar a ação dos bandidos".

"O Banco avalia os danos causados às estruturas da dependência e apura possíveis prejuízos. Os vigilantes envolvidos no caso passam bem e foram conduzidos preventivamente ao Pronto-socorro", diz o comunicado.

"A agência do Banco do Brasil que funciona no complexo não foi atingida, mas não abre nesta quinta-feira em razão da suspensão no fornecimento de energia elétrica. Os clientes do BB podem ser atendidos nas cinco outras agências da cidade - a mais próxima está localizada na Avenida Guilherme Ferreira, 1046".

O prefeito de Uberaba, Paulo Piau, se manifestou nas redes sociais lamentando o ocorrido. Ele informou que "aulas e transportes públicos suspensos. A Prefeitura tem 9 mil servidores e, por segurança, suspendemos o trabalho nesta manhã nos órgãos administrativos. Os setores de emergência e urgência médica estão funcionando".

Segundo o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, durante a ação, "vários disparos de arma de fogo efetuados pelos criminosos foram direcionados para o 8º Batalhão de Bombeiros militares, alguns projéteis atingiram as dependências do quartel e viatura do CBMMG".

Marca de projétil disparado contra viatura do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais durante assalto a agência bancária em Uberaba - CBMMG
Marca de projétil disparado contra viatura do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais durante assalto a agência bancária em Uberaba
Imagem: CBMMG

Errata: o texto foi atualizado
A matéria informou incorretamente, com base em informações da Polícia Militar de Minas Gerais, que uma agência do banco Itaú foi alvo do assalto. Na verdade, a agência foi atingida por disparos, mas não foi alvo, informação que a PM corrigiu posteriormente. A informação foi corrigida.

Mais Cotidiano