Topo

Homem usa gasolina para matar baratas e explode o quintal; veja vídeo

Bruna Alves

Colaboração para o UOL

22/10/2019 10h12

O caminhoneiro César Schmitz, 50, explodiu o quintal de casa ao utilizar veneno em spray, gasolina e fogo para matar baratas que estavam saindo de seu gramado. O caso aconteceu na cidade de Enéas Marques, sudoeste do Paraná, na última sexta-feira (18), e o vídeo viralizou na rede. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Schmitz conta que, na tentativa de eliminar as baratas, comprou veneno e jogou no gramado. Como não surtiu efeito, decidiu queimá-las. "Eu estava com um spray de barata. Quando acabou esse spray, peguei uma tampinha de garrafa pet cheia de gasolina, fui lá e despejei no buraquinho. Aí resolvi pôr fogo, porque a minha intenção era incendiar as baratas", conta o caminhoneiro ao UOL.

"Consegui meu objetivo. Matei as baratas, mas a minha esposa falou que não me deixa mais sozinho em casa por um bom tempo", completa, aos risos, o caminhoneiro que ficou famoso nas redes sociais pelo feito.

As imagens gravadas pela câmera de segurança da residência (veja no vídeo) mostram o momento em que Schmitz acende um fósforo, joga no chão e se afasta. Em seguida, como nada aconteceu, ele acende outro fósforo e joga novamente. Na terceira tentativa de atear fogo, ocorre a explosão. O homem dá um pulo para trás assustado, e os cachorros correm.

"Quando eu estava tentando fazer aquela 'proeza' ali de incendiar, você pode ver que os dois cachorros deitaram. Se eles pudessem falar, gritariam 'não faz isso'. Eu acho que eles já estavam orando ali, porque, se você olhar bem, os dois se debruçaram, um de um lado e outro do outro", diverte-se.

Fica o alerta!

Schmitz explica que há uma fossa embaixo de seu gramado. Segundo o Corpo de Bombeiros de Enéas Marques, com o passar dos anos, a fossa começou a liberar gases, o que contribuiu para a explosão. "A gasolina foi lá embaixo. É uma coisa incrível", afirma.

Inicialmente, ele não entendeu o que havia ocorrido. "Na hora que explodiu ali, fiquei meio zonzo. Pensei que tinha caído um avião aqui. Como não tem aeroporto na cidade, pensei que tinha caído em cima da minha casa", relata.

Embora tenha atingido o objetivo de matar as baratas, Schmitz afirma que não teria usado gasolina, se soubesse o que aconteceria. "Você não imagina nunca que isso possa acontecer. Para quem assistir ao vídeo, serve de alerta".

O caminhoneiro ficou surpreso com a repercussão do vídeo nas redes sociais. "Fiquei impressionado com a visualização desse vídeo. Foi de um dia para o outro", finaliza.

Cotidiano