Topo

Morre o piloto de avião que caiu em Belo Horizonte

Carlos Eduardo Cherem

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

22/10/2019 17h19Atualizada em 23/10/2019 08h06

Resumo da notícia

  • Allan Silva estava internado com mais de 90% do corpo queimado
  • Piloto, de 29 anos, é a quarta vítima do acidente aéreo em Belo Horizonte

O piloto do avião que caiu ontem em Belo Horizonte, Allan Duarte de Jesus Silva, 29, morreu na tarde de hoje no Hospital João 23, onde estava internado com mais de 90% do corpo queimado, inclusive as vias aéreas. Com isso, são quatro mortos no acidente.

Outros dois pacientes continuam internados, ambos em estado grave.

De acordo com o hospital, a família do piloto já havia sido alertada sobre o risco de morte por conta do estado gravíssimo em que o paciente se encontrava. As queimaduras agravaram o quadro de infecção.

Os outros mortos no acidente são o piloto de helicóptero Hugo Fonseca da Silva, 38, reconhecido por arcada dentária no IML (Instituto Médico Legal) de Belo Horizonte; o pedreiro Pedro Antônio Barbosa, 54, que estava no veículo atingido pela aeronave; e o pedreiro Paulo Jorge de Almeida, 61, passageiro no carro de Pedro.

Thiago Funghi Torres, 32, que teve 55% do corpo queimado, foi transferido para a Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital João 23, na manhã de hoje. Ele vai passar por novas cirurgias nos próximos dias.

Israel Campras dos Santos, 33, teve 32% do corpo queimado e está em estado grave, mas estável, segundo o Hospital João 23.

Cotidiano