PUBLICIDADE
Topo

Presos de MG vão fabricar mais de 20 mil máscaras cirúrgicas por dia

Máscara de proteção - iStock
Máscara de proteção Imagem: iStock

Daniela Mallmann

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

26/03/2020 14h17

O governo de Minas Gerais anunciou que cerca de 200 presos de unidades prisionais do estado vão trabalhar na fabricação de máscaras de proteção. A medida é uma das estratégias de prevenção a pandemia do novo coronavírus.

A expectativa é que os detentos fabriquem por dia mais de 20 mil unidades de máscaras cirúrgicas. Elas serão distribuídas para profissionais da saúde e pacientes dos hospitais, idoso que estejam em asilos e casas de repouso, e também para servidores das forças de segurança pública.

Ainda segundo o governo estadual, as etapas de montagem, corte e costura dos equipamentos de proteção seguem os parâmetros da Vigilância Sanitária.

A fabricação das máscaras começou na terça-feira (24), no Complexo Penitenciário de Ponte Nova, na Zona da Mata. Em Juiz de Fora, também na Zona da Mata, a fabricação começou ontem (25) na Penitenciária Ariosvaldo Campos Pires.

Cinco internos e costureiros que atuavam na confecção de camisetas estão produzindo as máscaras que serão destinadas para os profissionais da limpeza urbana e na própria unidade prisional da cidade.

Ao todo, serão 20 penitenciárias envolvidas na produção.

Coronavírus