PUBLICIDADE
Topo

Governo do ES autoriza funcionamento do comércio em 72 cidades

Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB) - Gilson Borba/Futura Press/Estadão Conteúdo
Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB) Imagem: Gilson Borba/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

22/04/2020 10h52Atualizada em 22/04/2020 12h03

O governo do estado do Espírito Santo permitiu que o comércio volte a funcionar a partir de hoje em 72 cidades. A decisão foi tomada considerando que os municípios apresentam risco de contaminação do novo coronavírus baixo ou moderado.

Outras seis cidades do estado (Alfredo Chaves, Cariacica, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória) são consideradas de alto risco e permanecerão com o comércio fechado além as outras regras já adotadas pelo governo do Espírito Santo.

Nas cidades com baixo risco de contaminação, os comércios poderão receber um cliente para cada 10m², ou seja, um estabelecimento com 30m² só poderá receber três clientes por vez e permitir a entrada somente após a saída dos que já estavam realizando suas compras.

Nos casos de municípios que apresentem risco moderado, o funcionamento será parcial.

Nos casos moderados, ficou previsto a obrigatoriedade de uso de máscaras por funcionários e clientes e a adoção. Nos municípios com mais de 70 mil habitantes, os comércios de rua deverão funcionar em dois turnos - estipulados pelas respectivas prefeituras, já as lojas em galerias e centros comerciais devem funcionar em apenas um dos dois turnos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou que todas as pessoas utilizem máscaras quando precisarem sair de casa. Para evitar o esgotamento de máscaras de não tecido para profissionais da saúde e pacientes com resultado confirmado, foi indicado o uso de máscaras caseiras para os demais. Veja como fazer:

Como o ES mapeia o risco das cidades?

Em nota, a Secretaria Estadual da Saúde explicou que foram estabelecidos critérios epidemiológicos orientados por estudos realizados pela própria secretaria em parceria com o corpo de bombeiros, Defesa Civil, Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), conciliados com orientações do Ministério da Saúde.

Com esses dados, o estado elaborou orientações para medidas sociais, funcionamento do comércio, transporte coletivo e para os limites municipais. Esses critérios poderão sofrer mudanças ao longo da pandemia.

"Se o município tiver poucos casos, mas a rede de saúde que atende a sua região estiver com 90% de uso, esse município passará ao nível de risco alto. Caso a rede de saúde estadual esteja com 90%, todos os municípios da região passarão ao nível de risco extremo", explicou o secretário de Saúde, Nésio Fernandes.

Segundo os dados oficiais da secretaria da Saúde, o estado tem hoje 1.313 casos confirmados e 34 mortes por covid-19. O número de pacientes curados é de 263. Veja como a doença evoluiu no Brasil:

Coronavírus