PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Blumenau proíbe que idosos utilizem ônibus e limita acesso a supermercados

Segundo a Prefeitura de Blumenau, a medida será oficializada amanhã com a publicação de um decreto no Diário Oficial do Município - Reprodução/Prefeitura de Blumenau
Segundo a Prefeitura de Blumenau, a medida será oficializada amanhã com a publicação de um decreto no Diário Oficial do Município Imagem: Reprodução/Prefeitura de Blumenau

Do UOL, em São Paulo

25/06/2020 08h07

A Prefeitura de Blumenau (SC) anunciou ontem que proibirá que pessoas acima de 60 anos de idade utilizem o sistema de transporte público do município, que está a cerca de 157 km de Florianópolis, a partir de amanhã.

Além da proibição de idosos no transporte público, a prefeitura também limitará a entrada em supermercados a uma pessoa por família. O consumo de bebidas alcoólicas no interior e arredores de postos de gasolina e lojas de conveniência também foi proibido.

Em nota divulgada no site da prefeitura, o mandatário da cidade, Mario Hildenbrandt (PSB) disse que "das seis mortes [por covid-19] registradas no município, cinco foram de pessoas com mais de 65 anos de idade".

"Por isso seguimos fazendo o apelo para que as pessoas do grupo de risco fiquem em suas casas, evitando a exposição em ambientes com grande circulação de pessoas, como é o caso do transporte coletivo", ressaltou Hildenbrandt.

Ainda de acordo com a nota da prefeitura, a medida será oficializada amanhã com a publicação de um decreto no Diário Oficial do Município.

Shopping aberto e explosão de casos

Em abril, a cidade de Blumenau ficou conhecida após o shopping Neumarkt, situado na cidade, provocar aglomeração em sua reabertura - com direito a música com saxofonistas - após o governo de Santa Catarina autorizar a volta às atividades nos centros comerciais.

Na última segunda-feira (22), Hildenbrandt pediu ajuda para a população para enfrentar a pandemia na cidade.

A cidade de Blumenau viu seu número de casos oficiais do novo coronavírus mais que dobrar entre 1° de junho e ontem, quando os dados foram atualizados pela última vez.

Segundo a prefeitura, no início do mês a cidade registrava 799 casos do vírus. Ontem, o número de infectados foi de 1.723 - um aumento de 115%. Também foram contabilizadas seis mortes até esta quarta-feira.

Coronavírus