PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Ibaneis adia volta às aulas na rede pública no Distrito Federal

Governador do DF, Ibaneis Rocha - Renato Alves/Ag. Brasília
Governador do DF, Ibaneis Rocha Imagem: Renato Alves/Ag. Brasília

Do UOL, em São Paulo

08/07/2020 15h03

Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) suspendeu o retorno das aulas na rede pública de ensino. O retorno estava previsto para o dia 3 de agosto. A decisão foi tomada hoje após reunião com o Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF), que confirmou o adiamento.

Na reunião, uma comissão de negociação do Sinpro apresentou ponderações sobre a pandemia da covid-19 e também sobre as medidas necessárias para que as escolar possam promover o retorno às aulas. Na reunião, a comissão ponderou que o retorno presencial deverá ocorrer quando a pandemia estiver sob controle e todas as unidades escolares puderem cumprir os protocolos.

Ibaneis não definiu uma nova data para o retorno. Segundo o sindicato, será mantido o cronograma de retomada gradual de algumas atividades durante o mês de agosto. Elas ainda serão definidas, com exceção da volta às aulas.

Até a semana passada, segundo levantamento da Secretaria de Estado da Saúde (SES-DF), há mais de 3,2 mil casos de crianças e adolescentes com o novo coronavírus. De moro geral, a doença continua avançando no Distrito Federal. Até a manhã desta quarta-feira (8), havia 62.867 casos confirmados de contaminação, 789 óbitos e 173 novos casos registrados nas últimas 24h, segundo dados da SES-DF.

Coronavírus