PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
10 meses

Governo de São Paulo anuncia teleaudiência e visitas online para detentos

Medida quer tirar policias de escoltas, ao mesmo tempo em que reforça proteção durante pandemia - Ugo Araujo/UOL
Medida quer tirar policias de escoltas, ao mesmo tempo em que reforça proteção durante pandemia Imagem: Ugo Araujo/UOL

Do UOL, em São Paulo

22/07/2020 13h30

O governo de São Paulo vai possibilitar, a partir do próximo final de semana, a visita online de familiares a detentos no sistema prisional do estado. A iniciativa foi anunciada hoje pelo governador João Doria (PSDB).

Os contatos virtuais entre presos e familiares são parte de um sistema de equipamentos de comunicação nos presídios paulistas. Segundo Doria, o projeto permite de antemão liberar policiais que fazem escoltas para que trabalhem em outras funções, uma vez que o equipamento também pode ser usado para audiências judiciais.

"O governo de São Paulo concluiu a instalação de sistemas de equipamentos de teleaudiência em 100% dos presídios do Estado. Foi concluída nesta semana a instalação do sistema de videoconferência em todas as 176 unidades do sistema prisional no Estado de São Paulo, onde 218 mil detentos cumprem pena. É o maior sistema prisional do Brasil e da América Latina, o segundo maior do continente", anunciou.

"Já na utilização ao longo desses meses, considerando que estamos entrando no segundo semestre de 2020, a teleaudiência reduziu em 64% a necessidade de escoltas entre presídios e fóruns na capital de São Paulo, liberando com isso 22 mil policiais, militares que faziam antes esse serviço de escolta, para fazerem patrulhamento nas cidades e no campo", acrescentou.

Segundo o governador paulista, os contatos remotos também permitem um contato mais seguro dos detentos com as famílias em tempos de pandemia do novo coronavírus. As visitas estão temporariamente suspensas no estado.

"Esses equipamentos, a partir do próximo final de semana, vão permitir também ao sistema prisional a utilização de visitas virtuais, com tecnologia. Esse projeto se chama Visita Virtual e vai possibilitar que 27 mil familiares possam entrar em contato com seus parentes cumprindo pena no sistema prisional de São Paulo, de maneira segura e correta — segura do ponto de vista de saúde, segura do ponto de vista prisional. Isso pode alcançar até 58 mil detentos em um único final de semana", analisou.

Como vão funcionar as visitas

De acordo com a apresentação do governo paulista, as visitas só poderão ser feitas por pessoas que já estão no rol de cada detento. Para entrar em contato é preciso ir ao site da Secretaria da Administração Penitenciária e realizar um cadastro para ter acesso ao sistema de conexão familiar. Também é possível enviar uma mensagem eletrônica.

Coronavírus