PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
10 meses

MPF cobra do governo um diagnóstico da violência policial no Rio de Janeiro

Polícia Militar realiza operação no Morro do Fallet, no Rio de Janeiro (RJ) - BETINHO CASAS NOVAS/ESTADÃO CONTEÚDO
Polícia Militar realiza operação no Morro do Fallet, no Rio de Janeiro (RJ) Imagem: BETINHO CASAS NOVAS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

21/08/2020 16h48

O MPF (Ministério Público Federal) cobrou que o governo federal apresente um plano para realizar um diagnóstico da violência policial na região da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

Em junho, a Justiça já havia determinado um estudo sobre a situação. Para isso, o MPF quer que o governo monte um calendário dos debates públicos e data final para apresentação do diagnóstico; as datas de reuniões com instituições e entidades de direitos humanos sobre violência policial; a abertura de consulta pública à população, por meio de sítio eletrônico; e quais diligências pretende realizar para a elaboração do diagnóstico em cinco dias.

O MPF ainda questiona judicialmente a exclusão dos dados sobre violência policial do relatório anual do Disque 100 que foi divulgado este ano pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, mas usa dados de 2019.

O Ministério, conduzido por Damares Alves, justifica a exclusão alegando "inconsistências nos dados". Nos anteriores, o relatório do Disque 100 mostrava um aumento da violência policial. Os dados de 2016 a 2018, por exemplo, revelam um aumento de 60% nos casos registrados no Disque Denúncia.

Cotidiano