PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Homem é preso ao ameaçar funcionário que vetou acesso sem máscara a mercado

Caso acontecen em Rondonópolis (MT) no último fim de semana - Polícia Militar do Mato Grosso
Caso acontecen em Rondonópolis (MT) no último fim de semana Imagem: Polícia Militar do Mato Grosso

Emanuel Colombari

Do UOL, em São Paulo

21/09/2020 19h03

Um homem de 36 anos foi preso no fim de semana em Rondonópolis, no Mato Grosso, por ameaçar um funcionário de um supermercado da cidade.

Segundo a ocorrência registrada pela Polícia Militar, o homem teria se recusado a usar máscara para entrar no estabelecimento na noite do último sábado (19). O uso do acessório é obrigatório, conforme decreto publicado pelo governo do estado em abril, como medida de combate à pandemia do novo coronavírus.

No local, o funcionário do supermercado pediu que o cliente colocasse a máscara, mas teve o pedido negado. O empregado do estabelecimento voltou a pedir, mas o homem — que estava com o filho — insistiu em tentar entrar sem a proteção e acabou barrado.

A ocorrência descreve que, após o desentendimento inicial, o cliente retirou uma máscara do bolso e colocou no rosto, fazendo o mesmo com o filho. No entanto, "passou a ofender e ameaçar com palavras de baixo calão aos funcionários".

"Contudo, o suspeito passou a ameaçar o encarregado, prometendo morte, dizendo perante aos açougueiros que (...) iria em sua residência pegar um revólver e descarregar na vítima", registra o documento.

Policiais foram chamados e chegaram ao local. De lá, encaminharam o homem a uma delegacia para providências. O cliente tirou uma foto do funcionário do estabelecimento na tentativa de intimidá-lo. Como se recusou a acompanhar os policiais voluntariamente, o homem foi algemado.

Coronavírus