PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
9 meses

AC: Crianças gravam vídeo pedindo para ladrão devolver bicicleta roubada

Gabriel Dias

Colaboração para o UOL, em Macapá

28/10/2020 16h37

A pequena Maria Clara, 8, fez um pedido emocionado para que o ladrão devolva sua bicicleta, que foi roubada na última sexta-feira (23), em Rio Branco, no Acre. O vídeo gravado pela mãe da criança, a dona de casa Alciene Oliveira, 39, viralizou na internet.

"Se vocês verem minha bicicleta, vocês dizem, tá? Porque eu quero ela de volta", falou a menina, antes de cair no choro.

Logo em seguida, seu irmão Mateus Roger, de 4 anos, deu continuidade ao apelo.

"Quem pegou a bicicleta da minha irmã, é da Maria Clara, é pra trazer porque roubaram a gente. Porque eu chorei mais a minha irmã. Nós íamos pra igreja toda noite", completou o garoto.

De acordo com a mãe, a bicicleta foi furtada quando a família saiu à noite para ir à igreja, e esqueceu de guardar o objeto. As crianças só sentiram falta no dia seguinte - que foi quando Mateus, ao ver o choro da irmã, pediu para que o vídeo fosse gravado.

"As crianças ficaram muito tristes e choraram muito. Fiz a gravação porque poderiam ter visto alguém vendendo uma bicicleta de criança ou até mesmo devolver, só que eu acho isso meio impossível", relatou Alciene ao UOL.

Alciene Oliveira conta que não registrou boletim de ocorrência e que não esperava que o vídeo tivesse toda essa repercussão.

"Eu postei o vídeo no meu status do WhatsApp só para família e amigos verem. Nunca pensei que ia repercutir tanto. Fiz mais para agradar meu filho e fazer ele se acalmar no momento, pois estava chorando por causa da irmã", comentou a dona de casa.

Maria Clara havia ganhado a bicicleta este ano de presente da vizinha em comemoração ao Dia das Crianças. A mãe, que atualmente recebe auxílio do Bolsa Família para sustentar as crianças, disse que a filha ficou bastante triste com o furto da bicicleta.

"Infelizmente eu não tenho como comprar outra, no momento, cuido de três, vivo com auxílio do Bolsa Família e pago aluguel".

Cotidiano