PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Esse conteúdo é antigo

Adolescente de 15 anos é encontrado morto dentro de freezer da casa da avó

Família não tem suspeitas do que pode ter acontecido com a vítima; segundo Polícia Civil, corpo foi encontrado pelo primo do garoto e não apresentava sinais de violência - Polícia Civil do MS/Divulgação
Família não tem suspeitas do que pode ter acontecido com a vítima; segundo Polícia Civil, corpo foi encontrado pelo primo do garoto e não apresentava sinais de violência Imagem: Polícia Civil do MS/Divulgação

Aline Oliveira

Colaboração para o UOL, em Campo Grande (MS)

12/01/2021 18h23

A morte de um adolescente de 15 anos, encontrado dentro de um freezer horizontal na casa da avó, na tarde de ontem em Campo Grande (MS), revoltou a família, que não tem suspeitas do que pode ter acontecido com a vítima.

Segundo informações registradas em Boletim de Ocorrência da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, o corpo foi encontrado pelo primo do garoto, por volta das 16h30, quando foi até a casa da avó, que está viajando.

A perícia preliminar apontou que não foram encontrados sinais aparentes de violência no corpo do adolescente. No entanto, foram encontrados no imóvel um celular, um notebook e uma faca. Os objetos foram encaminhados para análise pericial.

O corpo da vítima foi encontrado por um primo, que informou aos policiais ter ido até o imóvel fechado e chamado diversas vezes.

Como não houve retorno, ele pulou o muro e encontrou o freezer desligado, na varanda da residência — uma das frestas do aparelho escorria um filete de sangue. O primo encontrou o jovem sentado e seminu ao abrir a porta.

Quando a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel (Samu) chegaram ao endereço foi confirmada a morte, que será investigada como crime a esclarecer.

Fachada da casa onde o adolescente foi encontrado morto no freezer - Reprodução - Reprodução
Fachada da casa onde o adolescente foi encontrado morto no freezer
Imagem: Reprodução

Indícios encontrados

A equipe responsável pelo caso informou que foram encontradas várias cadeiras na varanda da casa, indicando que mais pessoas estiveram no local. Uma mangueira também estava próxima ao local e pode ter sido usada para eliminar vestígios de sangue.

Uma câmera de segurança localizada próxima à casa registrou a movimentação de um jovem saindo da residência e carregando uma mochila, na manhã de domingo (10).

Na sequência, ele retorna para o imóvel e sai com outra bolsa. Em seguida, um veículo estaciona e o jovem entra no veículo e deixa o local.

Cotidiano