PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Cabo da Marinha e policial civil morrem em tentativas de assalto no Rio

14.jan.2021 - O cabo da marinha Israel Aarão Marcelo da Silva Correa, 27, e o policial civil Rodrigo Costa, 37 - Montagem/UOL
14.jan.2021 - O cabo da marinha Israel Aarão Marcelo da Silva Correa, 27, e o policial civil Rodrigo Costa, 37 Imagem: Montagem/UOL

Tatiana Campbell

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

14/01/2021 11h38

Dois agentes de segurança foram mortos em tentativas de assalto no Rio de Janeiro. Um foi o policial civil Rodrigo Costa, 37, e o outro foi o cabo da Marinha Israel Aarão Marcelo da Silva Correa, 27. Ambos os crimes ocorreram ontem.

O primeiro caso aconteceu na rua Ricardo Campelo, em São Gonçalo, cidade da região metropolitana do Rio. O agente da Polícia Civil foi surpreendido e assassinado ao lado da esposa e da filha, que não se feriram. De acordo com as investigações, Rodrigo Costa teria reagido à ação dos bandidos.

O crime aconteceu por volta das 15h e a câmera de segurança de uma moradora registrou partes do ocorrido. Nas imagens é possível ver dois homens saindo de um carro branco e indo em direção ao veículo do policial, um Hyundai Creta. Logo em seguida, um dos bandidos volta correndo para o carro e um terceiro comparsa arranca com o veículo. Um dos criminosos, que estava ferido, entra no carro do agente e, nesse mesmo momento, a mulher do policial deixa o veículo correndo com a criança no colo.

Gabriel de Souza Soares, que assumiu a direção do carro do policial, foi encontrado morto, Wesleu Cristóvão Mattos está hospitalizado sob custódia. Agora, os policiais tentam localizar o terceiro envolvido no assassinato. O policial chegou a ser levado para o Hospital Estadual Alberto Torres, que fica na mesma região, mas não resistiu.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que "lamenta o falecimento do policial civil Rodrigo Costa, da 73ª DP (Neve). O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG). Os agentes realizam diligências para identificar e prender os criminosos".

Ainda ontem, porém na parte da noite, por volta das 21h, o cabo da Marinha Israel Aarão Marcelo da Silva Correa foi morto a tiros ao também sofrer uma tentativa de assalto na avenida Ministro Edgar Romero, em Madureira, na zona norte do Rio.

O militar voltava do curso de formação de sargentos no Centro de Instrução Almirante Alexandrino, na Penha, na mesma região, e dava carona para dois colegas. Dois ladrões em uma moto o renderam pela janela do carro. O militar tentou arrancar com o veículo, mas foi atingido na cabeça.

Um dos amigos de Israel, que pediu para não ser identificado, estava dentro do veículo e relatou como tudo aconteceu.

"A gente estava passando aqui perto do BRT [ônibus articulados], estávamos mexendo no celular e só ouvimos os tiros, o Israel caindo, sangrando. Ele pisou no acelerador, o carro parou no meio fio da estação, eu consegui sair do carro. A viatura da polícia estava passando na hora, fui lá correndo e chamei. Chamei os Bombeiros também, mas aí eles disseram que ele faleceu", disse o militar.

O Portal do Disque Denúncia divulgou um cartaz oferecendo uma recompensa de R$ 5.000 para quem der informações que levem à prisão dos assassinos do militar. A Polícia Civil informou que a "Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) foi acionada e a perícia foi realizada no local. Os dois homens que também estavam no veículo foram ouvidos e foram arrecadadas imagens de câmeras de segurança. As investigações estão em andamento para identificar a autoria do crime".

Cotidiano