PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Avô e neta morrem carbonizados em acidente em Belo Horizonte

Bombeiros tentam apagar o fogo em BH - Divulgação/Bombeiros
Bombeiros tentam apagar o fogo em BH Imagem: Divulgação/Bombeiros

Elisângela Baptista

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora (MG)

16/01/2021 11h55

Um carro explodiu e avô e neta morreram carbonizados em Belo Horizonte na madrugada de hoje (16), depois de um acidente no bairro Caiçaras, região Noroeste da cidade. O motorista que atingiu o veículo da família estava embriagado.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas que viram o acidente contaram que dois carros estavam em alta velocidade na avenida Carlos Luz quando um deles perdeu o controle e atingiu uma Volkswagen Parati com quatro ocupantes. Ainda segundo a PM, a Parati rodou na pista e bateu em uma árvore. A Mercedes Benz dirigida pelo motorista, que teria provocado o acidente, bateu no canteiro central. O terceiro carro não foi localizado.

O motorista da Mercedes foi submetido ao teste do etilômetro. A PM informou que o resultado foi de 0,76mg/L de álcool no sangue, o que configura crime de trânsito. A carteira de habilitação do motorista de 56 anos estava vencida desde 2015. Ele foi detido.

Entre os ocupantes da Parati estavam pai, filha e dois netos. A neta de 14 anos e o avô morreram carbonizados depois que o carro explodiu. A mãe das crianças e um garoto de 10 anos foram socorridos e levados para o Hospital João XXIII em Belo Horizonte.

Acidente na BR 265 mata quatro pessoas

Já na BR 265, próximo a Barroso, cidade localizada a 270 Km de Belo Horizonte, quatro pessoas morreram em um acidente que envolveu uma carreta e um carro de passeio.

Carreta virada em acidente na BR 265 - Reprodução / Bombeiros - Reprodução / Bombeiros
Carreta virada em acidente na BR 265
Imagem: Reprodução / Bombeiros

De acordo com os bombeiros, a carreta, que transportava no reboque cimento a granel, seguia sentido São João del Rei quando ao fazer uma curva à esquerda deparou com um Peugeot de Juiz de Fora que teria invadido a contramão de direção.

Segundo testemunhas, o Peugeot tentou desviar, mas não conseguiu. Na colisão, a carreta tombou sobre a pista e parte do reboque que transportava a carga caiu sobre o veículo.

Quando os bombeiros chegaram verificaram que havia vítimas já sem vida debaixo da carreta sendo necessário aguardar a chegada de um guincho, que removeu o reboque.

Ao todo quatro vítimas foram encontradas pelos bombeiros já sem vida presas às ferragens. Elas foram retiradas e identificadas, posteriormente, como Hugo Provezano, 26 anos, Ruzza Valério 33 anos, Georgeles Rios, 28 anos, Igor Passarelli 27. Todos procedentes de São João del Rei.

Cotidiano