PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Motociclista morre após atropelar veado em rodovia do Mato Grosso do Sul

Hélio dos Santos não resistiu ao acidente, próximo à cidade de Bonito (MS) - Reprodução
Hélio dos Santos não resistiu ao acidente, próximo à cidade de Bonito (MS) Imagem: Reprodução

Naian Lopes

Colaboração para o UOL, em Pereira Barreto (SP)

25/02/2021 20h15

Um motociclista de 34 anos, identificado como Hélio dos Santos, morreu ontem em um acidente de trânsito após trombar com um veado que estava na pista da rodovia MS-382, nas proximidades da cidade de Bonito (MS), a 270 km de Campo Grande.

Segundo informações apuradas pelo UOL, a vítima do acidente transitava pelo trecho da rodovia com uma motocicleta de cor vermelha e não conseguiu desviar do animal que atravessou em alta velocidade a rodovia.

Outros motoristas testemunharam o acidente e deram depoimento à polícia, confirmando que o motociclista acertou o animal e perdeu o controle da moto, caindo no chão. As informações dão conta de que ele estava com capacete, mas o equipamento não foi o suficiente para evitar danos causados pelo impacto da queda.

As testemunhas acionaram o Corpo de Bombeiros de Bonito, mas quando o socorro chegou ao local, o homem já estava sem vida. Mesmo assim, o corpo foi levado para o hospital da cidade a fim de cumprir todos os procedimentos legais, enquanto a motocicleta foi encaminhada para a Delegacia de Polícia do município e, depois, entregue a um tio da vítima que se apresentou.

O caso foi registrado como acidente de trânsito. Segundo informações da Polícia Militar Ambiental, que também atendeu ao caso, o animal também morreu no local e teve que ser retirado da via antes de o trânsito ser liberado.

Nas redes sociais, amigos e familiares se despediram do rapaz e lamentaram o ocorrido. "Hoje o dia amanheceu triste. Uma grande perda para a família, meu primo amado! Como dói saber eu você e foi, difícil de acreditar. Ficarei sempre com as lembranças boas que tivemos juntos. Descansa em paz", escreveu uma mulher identificada como prima.

Também pelas redes sociais, a família anunciou que o sepultamento ocorreu hoje de manhã. Em seu perfil no Facebook, Hélio se apresentava como pecuarista.

Cotidiano