PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Soldado da FAB é morto pela Polícia após fugir de blitz em Anápolis

Guilherme Souza Costa tinha 19 anos - Acervo Pessoal
Guilherme Souza Costa tinha 19 anos Imagem: Acervo Pessoal

Izael Pereira

Colaboração para o UOL, de Planaltina (GO)

06/03/2021 13h27

O soldado da Força Aérea Brasileira (FAB) Guilherme Souza Costa, 19, foi morto pela Polícia Militar de Goiás, após fugir de uma blitz em Anápolis, a 55 km de Goiânia, na noite da última quinta-feira. A PM disse que o soldado não tinha permissão para pilotar a moto, que estava sem placa, e chegou a atirar contra os agentes.

Guilherme era militar da Aeronáutica e estava há dois anos na Base Aérea de Anápolis. Em nota, a FAB disse que a arma encontrada com a vítima não pertence à corporação e ainda informou que colabora com as investigações.

A Corregedoria da Polícia Militar de Goiás disse que vai apurar as circunstâncias da ocorrência e que afastou três policiais até que sejam concluídas as investigações.

A PM relatou que o soldado não parou em uma blitz de trânsito e, logo percebeu que os policiais estavam atrás, teria jogado a moto em cima dos carros da polícia, mas foi atingido por disparos feitos pelos PMs.

A perseguição, segundo a PM, aconteceu por cerca de 5 km antes de ser feita a primeira tentativa de abordagem. O soldado chegou a ser socorrido e levado para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), mas não resistiu. A morte foi confirmada pela unidade médica.

Cotidiano