PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Horário de comércio, eventos e igrejas são flexibilizados em Pernambuco

Movimento de pessoas no centro do Recife (PE) - Arthur Souza/Photopress/Estadão Conteúdo
Movimento de pessoas no centro do Recife (PE) Imagem: Arthur Souza/Photopress/Estadão Conteúdo

Colaboração para o UOL

21/06/2021 08h37

O governo de Pernambuco autorizou na última semana um novo Plano de Convivência em relação à covid-19. Com isso, grande parte do estado recebeu flexibilização de horário e lotação de diversos setores.

Para a Macrorregião III, o decreto estipula regras mais rígidas. São compreendidos nesse setor a região de Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira. A maior parte de eventos e comércio deve seguir fechada nesses locais, segundo o Plano de Convivência.

Uma das maiores novidades do decreto é a autorização de colações de grau, aulas da saudade e cultos ecumênicos. No estado, esses eventos podem ser realizados com, no máximo, 50 pessoas ou o equivalente a 30% de ocupação do local, dando preferência ao menor número.

Além disso, é proibido ter música ao vivo e distribuir comida e bebida. A festa deve durar até 22h nos dias de semana e até 21h no fim de semana.

Já as igrejas podem funcionar com 50% da lotação máxima ou 300 pessoas, sempre deve ser escolhido o menor número. Nos dias de semana, os estabelecimentos devem fechar às 22h e, no fim de semana e feriados, às 21h.

O comércio varejista nos bairros de quase todo o estado pode abrir, durante a semana, das 8h às 18h e, em fins de semana e feriados, das 9h às 18h. Já o do centro funciona das 10h às 20h e, no final de semana, das 9h às 17h ou 10h às 18h.

Bares, lanchonetes restaurantes receberam autorização para funcionar até às 20h. Escritórios podem reabrir com até 50% da capacidade. Durante a semana, os locais de trabalho devem ser usados das 10h às 20h e, no fim de semana, por no máximo 10 horas contínuas.

Eventos culturais seguem proibidos. Esportes coletivos e individuais devem ser praticados em centros esportivos, clubes e associações. Jogos de futebol podem acontecer no estado, mas sempre sem plateia presencial. Shows ainda estão proibidos.

Como será o funcionamento de praias, o comércio que vem dela, os calçadões e as ciclovias fica a cargo de cada município.

O governo do estado afirmou ser possível flexibilizar horários e lotação nesses setores produtivos porque houve queda na internação de pacientes com coronavírus em Pernambuco. Na última semana, a fila de espera por leitos de UTIs praticamente zerou no estado.

É importante ressaltar que Pernambuco é considerado estável em relação ao número de infecções e mortes de covid-19 no momento. No entanto, a média diária de óbitos pela doença, ontem, passou 2.000 pelo quinto dia seguido no Brasil. Os dados são do consórcio de imprensa do qual o UOL faz parte.

Cotidiano