PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Criança de 6 anos conquista mais de 50 pelúcias em máquina e faz doação

Maria Clara Ribeiro, de 6 anos, conseguiu pegar mais de 50 pelúcias em máquina de mercado - Arquivo pessoal
Maria Clara Ribeiro, de 6 anos, conseguiu pegar mais de 50 pelúcias em máquina de mercado Imagem: Arquivo pessoal

Do UOL, em São Paulo

02/08/2021 17h47

Uma menina de 6 anos transformou uma brincadeira em boa ação no município de Mairinque, no interior de São Paulo. Maria Clara Ribeiro resgatou mais de 50 ursinhos de pelúcia em uma máquina de mercado e resolveu doá-los para uma instituição de crianças da cidade.

"Há dois meses, instalaram essa máquina no mercado que a minha mulher trabalha faz dois anos. A primeira a pegar [uma pelúcia] foi a minha mulher. Então ela fez uma surpresa para a minha filha com o brinquedo", contou Jair Ribeiro, o pai da menina.

O presente foi bem recebido por Maria Clara que, ao acompanhar o pai diariamente para buscar a mulher no trabalho, decidiu testar as suas próprias habilidades com o jogo.

Maria clara - Reprodução/Arquivo pessoal - Reprodução/Arquivo pessoal
Maria Clara na máquina de brinquedo localizada no mercado em que a mãe trabalha
Imagem: Reprodução/Arquivo pessoal

"Nós entramos na brincadeira e eu falei para ela: se conseguirmos 50 bichinhos, vamos doar para outras crianças. E ela topou o desafio na hora."

A família começou a observar outros jogadores e a entender quais eram as regras do jogo para conseguir conquistar ainda mais pelúcias.

"No começo foi difícil porque não sabia como funcionava. A gente ficava vendo as pessoas jogando e na nossa vez experimentávamos as táticas. A máquina é programada, então tínhamos que observar isso", conta o pai.

Algumas tentativas foram frustradas e outras renderam muita alegria para a família. "No começo, eu ajudava porque ela não sabia posicionar. Mas ela foi gostando e enfim alcançamos as 50 pelúcias."

A família logo entrou em contato com a prefeitura e decidiu fazer a doação para uma casa que recebe crianças em situação vulnerável na cidade. Atualmente com 60 pelúcias, 32 foram encaminhadas para a Casa da Criança de Mairinque.

"No começo tudo isso me surpreendeu. Os bichinhos chamam atenção e ela mesmo assim falou que queria doar. Quando fomos na instituição, ela ajudou a embalar os brinquedos no saquinho e nos acompanhou até lá. Ela é uma menina muito amorosa, prestativa. É legal porque incentiva ela a fazer o bem", diz o pai orgulhoso.

Maria clara - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Brinquedos foram embalados e levados a uma instituição que ajuda crianças
Imagem: Arquivo pessoal

Ao UOL Maria Clara afirmou que está muito feliz com a conquista e que está animada para uma próxima meta: conquistar mais 50 pelúcias para doar para crianças em situação de rua no dia 12 de outubro.

"Foi muito legal. Estou muito animada", disse. "Quero que eles também fiquem felizes como eu, que brinquem com os brinquedos."

Apesar de dedicar as conquistas com o jogo às doações, Maria Clara tem duas pelúcias que pegou durante os jogos que são os seus favoritos e, segundo o pai, não devem entrar na lista de doação.

"São a lhama e o panda. Eu gosto muito deles", diz a menina.

Cotidiano