PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
5 meses

Homem que teria tomado 5 doses de vacina da covid-19 é investigado no Rio

Morador teria tomado cinco doses de vacina contra a covid-19 - Getty Images
Morador teria tomado cinco doses de vacina contra a covid-19 Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

19/08/2021 15h40Atualizada em 20/08/2021 08h21

A prefeitura do Rio de Janeiro está investigando o suposto caso de um morador que teria tomado cinco doses de vacina contra a covid-19 na cidade. As doses teriam sido aplicadas na Zona Oeste da capital carioca.

Ao UOL, a SMS (Secretária de Saúde do Rio de Janeiro) afirmou que o caso está sendo apurado "para se identificar se foi uma falha de registro no sistema ou, de fato, uma irregularidade".

Ele teria tomado duas doses do imunizante da Pfizer, duas da Sinovac/Butantã (Coronavac) e uma dose da vacina Oxford/FioCruz, segundo informação obtida pelo RJ1.

Nesta semana, a Prefeitura encerra o calendário de vacinação da população adulta e começa a campanha para adolescentes a partir de segunda-feira (23), começando com jovens de 17 anos.

Ao todo, 91,1% da população maior de 18 anos já foi vacinada ao menos com a primeira dose ou dose única. Já os imunizados do público-alvo correspondem a 43,1% dos moradores.

Caso não isolado

Casos de pessoas que tomaram mais de duas doses de vacina já foram registrados pelo país, ainda que não seja uma prática recomendada pelos especialistas. Em julho, o MP-MG (Ministério Público de Minas Gerais) ajuizou uma Ação Civil Pública de indenização por dano moral social e coletivo em R$ 2 milhões contra um casal que teria recebido três doses de vacina contra a covid-19.

Já em São Paulo, uma veterinária vacinada com duas doses da Coronavac afirmou ter furado a fila da vacinação para tomar uma terceira dose com um imunizante da Janssen.

Cotidiano