PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

RJ: Menina de 4 anos é baleada na cabeça enquanto comprava pipoca com a mãe

Menina de 4 anos foi atingida durante uma ação de policiais da Draco e suspeitos de serem criminosos - Reprodução
Menina de 4 anos foi atingida durante uma ação de policiais da Draco e suspeitos de serem criminosos Imagem: Reprodução

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

02/06/2022 08h38Atualizada em 02/06/2022 13h05

Uma criança de quatro anos foi baleada na cabeça no fim da tarde de ontem. A menina deixava a escola e parou para comprar pipoca com a mãe, no bairro da Taquara, na zona oeste do Rio. A família afirma que houve tiroteio entre policiais e milicianos no local.

A Polícia Civil confirmou que esteve na Taquara com a Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizada), mas, consultada pela reportagem, não esclareceu se a menina foi ferida durante esta ação.

A criança foi levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro e depois transferida para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, na zona sul do Rio. Segundo a SMS (Secretaria Municipal de Saúde), o estado de saúde dela é considerado gravíssimo.

O tio da menina, Juan Pablo, 18, contou que a sobrinha foi operada e está em observação.

"A informação que a gente tem é que ela operou e agora está em análise. São as informações que temos do hospital. Ela foi baleada quando parava para comprar pipoca, a pipoca que sempre gostou. O que ficamos sabendo é que teve tiro entre policiais e milicianos na região", afirmou o tio, ao UOL.

A menina ainda estava de uniforme quando foi atingida. As roupas ficaram manchadas de sangue. Segundo a Polícia Civil, agentes da Draco foram ao local verificar uma denúncia de extorsão quando foram atacados a tiros e começou o confronto. Uma pessoa foi presa e um carro roubado e uma pistola foram apreendidos.

Em nota, a Polícia Civil informou que uma perícia foi realizada no local e testemunhas foram ouvidas. "Imagens de câmeras se segurança da região estão sendo solicitadas pela unidade. Diligências seguem em andamento para esclarecer a origem do disparo que atingiu a vítima".

Quatro crianças baleadas no RJ

De acordo com levantamento da plataforma Fogo Cruzado, quatro crianças foram baleadas no Grande Rio neste ano. Uma delas morreu. Kevin Lucas dos Santos Silva, 6, estava no quintal da casa onde morava no Morre da Torre, em Queimados, quando foi atingido no tórax. O menino foi socorrido, mas não resistiu. O caso ocorreu em janeiro. Segundo moradores, não havia confronto ou operação policial na região no momento. Outras duas crianças ficaram feridas.

Em abril, uma menina de 9 anos foi atingida por estilhaços no olho na Vila Kennedy, na zona oeste da cidade. A menina caminhava em uma rua da comunidade, ao lado da mãe e da avó, quando foi ferida e caiu no chão. Ela foi socorrida e passa bem.

Também em abril, uma criança de 11 anos ficou ferida durante uma operação policial no bairro Jardim América, na zona norte. A PM informou na época que ela foi atingida por estilhaços de bala e socorrida.

Cotidiano