Topo

Conteúdo publicado há
10 meses

Homem é morto por familiar após discussão e aposta política na Paraíba

Edvan (esquerda) foi morto por Otacílio (direita) após discussão e aposta sobre política - Polícia Civil/Divulgação
Edvan (esquerda) foi morto por Otacílio (direita) após discussão e aposta sobre política Imagem: Polícia Civil/Divulgação

Colaboração para o UOL

29/05/2023 19h28

Um eleitor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi morto por um familiar bolsonarista na madrugada de sábado (27) após uma discussão por política no município de São João do Rio do Peixe, no sertão da Paraíba, segundo a polícia.

O que aconteceu

Em 2022, ainda durante o período eleitoral, Edvan de Souza Abreu e Otacílio de Souza Abreu fizeram uma aposta no valor de R$ 1 mil sobre o resultado das eleições. Edvan apostou em Lula, enquanto Otacílio apostou em Bolsonaro.

Após a vitória de Lula no 2º turno das eleições, Otacílio realizou o pagamento do valor referente à aposta e ambos nunca mais haviam discutido por política, de acordo com informações do delegado Francisco Filho, responsável pelas investigações.

No último sábado, entretanto, por volta de 1h30, ambos estavam em um bar e tiveram uma breve discussão sobre política.

Após a discussão, Otacílio foi até sua casa e voltou armado, disparando várias vezes contra Edvan.

O suspeito ainda está foragido e a autoria do crime foi confirmada por testemunhas ouvidas pela polícia.

Houve uma aposta política, mas não houve nenhuma discussão até a madrugada de sábado. Após breve discussão sobre política, Otacílio acabou disparando várias vezes contra a vítima. O suspeito está foragido, mas a autoria do crime foi confirmada por testemunhas". Delegado Francisco Filho