Conteúdo publicado há 7 meses

Polícia identifica homem suspeito de agredir irmã de Zanin em SP

A Polícia Civil identificou o homem suspeito de agredir a advogada Caroline Zanin, irmã do ministro Cristiano Zanin, do STF (Supremo Tribunal Federal).

O que aconteceu:

A polícia identificou o homem que teria chutado Caroline Zanin na segunda-feira (16) no bairro Perdizes, em São Paulo. Mas o nome dele não foi divulgado na nota enviada pela SSP (Secretaria da Segurança Pública) ao UOL. Caroline registrou um boletim de ocorrência por lesão corporal e ato de abuso a animais.

Imagens de câmera de segurança mostram que Caroline estava parada em frente a um prédio com dois cachorros. Um deles late e um homem que andava na rua tenta agredir os cachorros e Caroline com chutes.

Ele só para quando o portão é liberado e Caroline entra no prédio. Um segurança na calçada se aproxima, mas não afasta o agressor.

O caso é investigado pelo 23º Distrito Policial (Perdizes). A vítima foi ouvida e representou para instauração de inquérito policial. Durante as investigações, os policiais identificaram o suspeito de praticar as agressões. A autoridade policial analisa imagens e prossegue com as diligências para esclarecer os fatos.
Nota da SSP (Secretaria de Segurança de São Paulo)

Deixe seu comentário

Só para assinantes