Conteúdo publicado há 4 meses

SC: Idosa é resgatada após ficar 10 dias com cadáver do filho em casa

Uma idosa de 91 anos com Alzheimer foi resgatada no sábado (21) após ficar 10 dias em seu apartamento junto com o corpo do filho morto, em Balneário Camboriú.

O que aconteceu

A mulher morava junto com o filho, de 69 anos, morto após ataque cardíaco, conforme informou o IML (Instituto Médico Legal). O homem possuía um histórico de doença cardíaca.

Os vizinhos de apartamento desconfiaram do mau cheiro vindo da moradia, invadiram a casa e acionaram a prefeitura. O resgate foi realizado na tarde de sábado (21) pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social.

A idosa, ex-gerente de banco e que sofre de Alzheimer, foi encontrada desnutrida e desidratada, contou a secretária Christina Barichello. Ela foi levada para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e agora ficará em uma casa de repouso, por decisão dos netos.

"Foi um caso muito triste, imagina uma mãe ficar com o filho em decomposição por todos esses dias", relatou Christina que presenciou as cenas.

O restante da família vive no Rio Grande do Sul, e mãe e filho não tinham outros parentes em Santa Catarina. Um gato também foi encontrado na residência e está sob cuidados de uma ONG (Organização Não Governamental).

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora